Valores

Como ajudar a criança a ser ela mesma e não ser influenciada


Os pais querem o melhor para seus filhos. Procuram orientá-los e ensinar-lhes tudo o que sabem para que cresçam de forma saudável e tenham ferramentas suficientes para poderem gerir o mundo no futuro.

O problema surge quando os adultos inadvertidamente criam os filhos de tal forma que eles se permitem ser influenciados por eles. Ou seja, os pais que educam seus filhos não percebem que o filho que se influencia facilmente em casa, pode arrastar essa fragilidade para outros ambientes em que vive. Porém, é importante ajudar a criança a ser ela mesma e não ser influenciada pelos outros.

Os primeiros anos de vida de uma criança são fundamentais para uma autoestima saudável. É importante fomentar nas crianças a autoconfiança e o senso de valor necessários para que alcancem autonomia e independência. Dessa forma, eles serão capazes de se tornarem eles mesmos, não serão influenciados por outros e terão sucesso em suas vidas.

Quando as crianças são pequenas, encontramos aqueles que querem fazer tudo 'sozinhos' e são tão "independentes" que, na grande maioria dos casos, fazem os pais perderem a paciência.

Por outro lado, muitos outros se deixam guiar sem objeções e sem fazer valer suas opiniões. Essa atitude dos filhos pode promover um processo mais fácil para os pais na criação de seus filhos, mas no longo prazo será mais prejudicial para a criança, pois ela pode estar reprimindo seus sentimentos e, no futuro, isso os tornará mais manipuláveis.

Na pré-adolescência, as crianças sentem a necessidade de fazer parte de grupos de pares. É quando a pressão dos pares aparece e será o principal elemento para ativar a influência e a manipulação.

- Em crianças que são independentes desde tenra idade com uma capacidade inata de liderança inata ou que foram educadas em autonomia, eles serão capazes de subjugar outros que não o são quando pertencem a grupos de pares.

- Naquelas crianças acostumadas a serem lideradas e influenciadas pelos pais, quando fingirem fazer parte do grupo de iguais, elas se permitirão ser influenciadas pelas ideias do líder do grupo para serem aceitas.

Pese a los valores que el niño reciba en casa, o que las influencias que reciba el niño en su grupo de iguales puedan ser buenas o malas, los padres han de enseñar a sus hijos a manifestar su propio criterio y fomentar su autoestima de la siguiente Maneira:

- Promover o sentimento de pertença à família para que valorizem positivamente o que possuem.

- Educar com firmeza e flexibilidade. É importante que seus filhos saibam que em casa existem regras e limites bem estabelecidos, mas se todos concordarem, eles serão flexíveis em horários específicos.

- Valorize suas opiniões e respeite-as.

- Promova uma comunicação adequada para que tenha a segurança de poder expor os seus problemas e tirar as suas dúvidas.

- Se a criança se deixa levar por más influências, você deve fazê-la perceber que suas ações terão consequências negativas.

- Ensine a criança a negociar e desenvolver sua liderança.

- Faça com que a criança saiba que além de decidir por si mesma, ela pode contar com os pais o tempo todo.

- Promove a individualidade e autonomia da criança. Para isso, os pais serão um exemplo de seus filhos e mostrarão a importância que cada um tem como pessoa única.

- Evite confrontar seus amigos. Se seus amigos são criticados ou tentam afastá-los do grupo, eles podem se tornar mais intransigentes e ficar na defensiva.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Como ajudar a criança a ser ela mesma e não ser influenciada, na categoria de Conduta no local.


Vídeo: Temas em Terapia de Casal para psicólogas e psicólogos - Parte 11 #EsquentaSTC (Outubro 2021).