Valores

Como lidar com a teimosia em crianças


Criança teimosa é aquela que não aceita ordens e sempre faz o que quer. Essas crianças agem impulsivamente, às vezes usando violência física e verbal. Esses pequeninos procuram ser sempre agradados pelos outros e não entendem um "não" como resposta.

Eles constantemente recorrem a acessos de raiva em qualquer situação. Eles choram, gritam, usam de violência, se jogam no chão, etc. Tudo vai para alcançar seu propósito. Mas, Como podemos enfrentar essa situação e lidar com a teimosia das crianças?

A partir dos 2-3 anos de idade, ainda mais cedo em algumas crianças, os pequenos passam pelo conhecido estágio do "não". Este pode ser considerado um período normal pelo qual as crianças passam. Essa etapa os ajuda a consolidar sua identidade. Assim, podemos perceber que a criança em torno dessa idade:

- Ele diz não constantemente e para tudo.

- Episódios ao vivo de "acessos de raiva" constantemente.

- Dá a sensação de que chora por tudo.

- Ele faz o contrário do que lhe pedimos e continua a fazer durante várias semanas.

- Ele nos rejeita e pede para ir com alguém um pouco mais permissivo com sua teimosia.

- Ele se esconde para ficar sozinho e conseguir o que quer.

A teimosia é a resposta que ocorre quando o pequeno se dá conta da existência de um "eu" e da existência de outros. Além disso, essa etapa coincide com o momento em que a criança ganha maior autonomia para explorar o mundo, graças ao fato de desenvolver o pensamento simbólico e adquirir a linguagem necessária para tanto.

Por outro lado, a relação que estabelece com suas figuras de apego é ambivalente, ou seja, ele precisa delas no plano emocional e afetivo, mas precisa ser cada vez mais independente.

É normal que a criança se irrite, questione coisas e tente impor seus critérios, mas essa atitude deve ser evitada de se tornar algo natural em seu jeito de ser. É importante que quanto mais cedo a atitude teimosa for corrigida, melhor, pois quanto mais velha for a criança, mais difícil será fazê-lo. Para isso, podemos seguir as dicas a seguir.

- Prevenir. Se sabemos que a instrução que pedimos à criança vai deixá-la frustrada, é melhor 5 minutos antes de ela ser avisada do que vai fazer. Assim, faremos sua teimosia menos intensa e evitaremos birras.

- Seja um exemplo. É importante que os pais dêem o exemplo, porque se virem, por exemplo, que param de comer porque não gostam, vão decidir fazer o mesmo.

- Evite mensagens negativas. É importante que os adultos evitem os negativos. Se não for usado para prevenir o comportamento teimoso da criança, a situação se agrava. É melhor que os pais expliquem as consequências de a criança agir dessa forma antes de usar um não.

- Use calma. A teimosia aparece como uma fase normal da infância, por isso é melhor encarar essa situação com calma e evitar ficar com raiva da criança.

- Evite punições. É melhor não usar a punição como consequência de seu comportamento. Melhor mostrar à criança que é conveniente para ela obedecer. Não adianta proibir sem explicar. As crianças querem e precisam saber porque não podem fazer o que querem e que é melhor prestar atenção ao que o adulto lhes diz.

- Negocie. Por meio da persuasão é possível evitar situações desconfortáveis. Trata-se de usar a negociação para redirecionar sua teimosia e tornar a situação mais fácil para todas as partes. Opções podem ser oferecidas permitindo ao pequeno escolher e tomar decisões. Graças a isso, você sentirá mais controle e liberdade, o que o deixará disposto a colaborar e a superar sua teimosia.

- Mensagens positivas. Existem questões que não são negociáveis. Nesse caso, será melhor usar mensagens que orientem positivamente a criança do que dar ordens e impor.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Como lidar com a teimosia em crianças, na categoria de Conduta no local.


Vídeo: 7 sposobów na to, aby dziecko sprzątało po sobie (Outubro 2021).