Valores

Os melhores ditados longos para crianças


Os ditados são a melhor maneira de eliminar erros de grafia. É importante também que seu filho leia muito, pois a leitura faz com que a criança assimile certas regras ortográficas com muito mais rapidez.

Desde a nosso site Apostamos nos ditados como ferramenta de aprendizagem para crianças, por isso selecionamos 3 longos ditados para o seu filho praticar a ortografia. Aqui estão os melhores ditados longos para crianças. Praticar!

Em um longo ditado você pode encontrar várias regras de ortografia e testar seu filho. Ajude-o a praticar sua escrita e se livrar de alguns dos erros ortográficos mais comuns da infância. Com esses ditados longos, inspirados nos textos de escritores e poetas famosos, seu filho vai praticar a escrita de palavras com 'b', 'v', 'h', enquanto pratica as regras de acentuação ortográfica. Podemos começar?

1. Primeiro ditado longo:

'Platero é pequeno, peludo, macio; tão macio por fora, que você diria todo algodão, que não tem ossos. Apenas os espelhos de

O jato de seus olhos está duro como dois besouros de vidro preto.

Ele a solta e vai até a campina, e acaricia calorosamente com o focinho, mal tocando nelas, as flores rosas, azuis e amarelas ...

Chamo-o docemente: «ourives?», E vem a mim com um trote alegre que parece rir, em não sei que jingle ideal ...

Coma tanto quanto eu te der. Ele gosta de tangerina, uva moscatel, tudo âmbar, figos roxos, com seus

gota de mel cristalina ...

Ele é terno e fofinho como um menino, uma menina ...; mas forte e seco por dentro, como pedra. Quando eu passo por cima

Aos domingos, nas últimas vielas da cidade, os homens do campo, vestidos com roupas limpas e devagar, olham para ele:

—Tien ’asero ... Tem aço. Acero y plata de luna, ao mesmo tempo '(' Platero y yo'- Juan Ramón Jiménez).

2. Segundo ditado longo:

- Olha a tua graça - respondeu Sancho - que quem se parece ali não são gigantes, mas moinhos de vento, e o que neles parecem braços são as lâminas que, viradas do vento, fazem mover a pedra de moinho.

“Parece-me bem”, respondeu Dom Quixote, “que não foste treinado para esta aventura: são gigantes; e se tiver medo, saia daí e coloque-se em oração no espaço que vou entrar com eles numa batalha feroz e desigual.

E, dizendo isso, esporeou seu cavalo Rocinante, ignorando as vozes que seu escudeiro Sancho lhe deu, avisando-o de que sem dúvida eram moinhos de vento, e não gigantes, aqueles que ele ia atacar. Mas estava tão decidido a serem gigantes, que nem ouviu as vozes de seu escudeiro Sancho, nem percebeu, embora já estivesse muito perto, o que eram, antes de dizer em voz alta:

- Non fuyades, covardes e criaturas vis, que um só cavalheiro é aquele que te ataca '(' Dom Quixote de la Mancha'- Miguel de Cervantes).

3. Terceiro ditado longo:

'Preciso de tempo, preciso daquele tempo que os outros deixam porque têm muito ou não sabem mais o que fazer com ele. Tempo em branco, em vermelho, em verde, mesmo em marrom escuro.

Não me importo com a cor, tempo cândido que não consigo abrir e fechar como uma porta. É hora de olhar para uma árvore, uma lanterna, de caminhar à beira do descanso, de pensar como é bom hoje o inverno, de morrer um pouco e nascer logo e de perceber isso e acabar.

Preciso de tempo, tempo suficiente para mexer na vida por algumas horas e investigar por que estou triste e me acostumar com meu antigo esqueleto. Hora de se esconder no canto de um galo e reaparecer em um relincho e estar atualizado, estar à noite.

Tempo sem modéstia e sem relógio. Quer dizer, preciso ou preciso, digamos que preciso de tempo sem tempo ('Tempo sem tempo- Mario Benedetti).

Você pode ler mais artigos semelhantes a Os melhores ditados longos para crianças, na categoria de redação no local.


Vídeo: DITADO DIA DAS CRIANÇAS- GULOSEIMAS (Janeiro 2022).