Valores

Etapas do bebê. Desenvolvimento durante o primeiro ano de vida


O primeiro ano de vida do bebê é fundamental para o seu desenvolvimento físico, emocional e psicológico. Nesse período, as mudanças vividas pela criança são espetaculares. É o momento em que ele vai crescer mais rápido em toda a sua vida implorando por seu peso e altura.

Nos primeiros meses, sua inteligência começará a se desenvolver e a personalidade que apoiará as bases de seu comportamento futuro começará a ser configurada. O desenvolvimento em seu primeiro ano de vida pode ser dividido em fases do bebê. Cada período leva tempo, ou seja, alguns serão mais rápidos e outros mais lentos, pois cada um segue seu próprio processo. Além disso, cada criança é quem estabelece seu próprio padrão na evolução de cada área de desenvolvimento. Assim, cada bebê terá um ritmo próprio para superar as diferentes etapas pelas quais passa.

As fases pelas quais o bebê passa podem ser divididas em:

1- A fase neonatal (7-20 dias). Esta fase da infância compreende os primeiros 28 dias. É o período mais importante da vida da criança onde aprende as principais bússolas do mundo que a rodeia e começa a estabelecer os primeiros contactos comunicativos com outras pessoas. O choro é a sua primeira “língua” com a qual consegue obter alimento, conforto e companhia e ele reconhece sons importantes como a voz de sua mãe. No que diz respeito às mudanças físicas ocorre um desenvolvimento muito rápido de todo o corpo exceto a cabeça, estando nesta fase muito vulnerável.

2- A fase pós-natal ou de lactação (1 mês-1 ano) Este é um dos primeiros estágios nas crianças. Ao contrário do anterior, as alterações físicas e psicológicas são mais fáceis de ver. Se falamos de sua evolução na fase cognitiva, devemos saber que as crianças nessa fase aprendem a manipular objetos embora não entendam sua permanência se não estiverem dentro do alcance de seus sentidos. Passam-se aproximadamente 2 anos quando eles começam a entender a continuidade do objeto.

- Habilidades motoras nesta fase é baseada em movimentos muito globais, reações fisiológicas ou descargas de impulso, que irão então evoluir com a experimentação, atingindo a inibição motora. É o período sensório-motor onde a criança vai repetir os movimentos e ações pelo prazer que produz. Os avanços que a criança vivencia na área motora nesta fase produzem mudanças importantes no desenvolvimento psicomotor grosso e fino, estando intimamente relacionados à evolução do tônus, que amadurece aos poucos para que a criança possa apoiar a cabeça, ombros, braços. , mãos, sentar, engatinhar, levantar e andar.

- Em relação à área da linguagem Devemos ter em mente que durante os primeiros três anos de vida é quando o cérebro está em processo de desenvolvimento e maturação, é o período mais intenso na aquisição de habilidades de fala e linguagem que as crianças são capazes de medir para distinguir entre a fala sons que compõem as palavras do seu idioma. Nesse estágio, a maioria dos bebês reconhece os sons básicos de sua língua materna e distingue entre diferentes idiomas pela forma como soam. Além disso, podemos constatar que por volta dos 6 meses, o bebê começará a balbuciar e fazer palavras falsas.

- Desenvolvimento na área emocional-social Depende da velocidade com que o bebê evolui nas áreas cognitiva, motora e de linguagem que serão as bases sobre as quais a criança descansará para explorar e terá capacidade de autonomia suficiente para se relacionar com o meio ambiente. Além de ser fundamental o tipo de vínculo que se forja com seus adultos de referência.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Etapas do bebê. Desenvolvimento durante o primeiro ano de vida, na categoria de estágios de desenvolvimento no local.


Vídeo: Bebê em formação, do 1º ao 9º mês! Em 3D (Dezembro 2021).