Valores

Quando os pais usam seus filhos como chantagem após uma separação ou divórcio


Idealmente, após uma separação ou divórcio, os filhos permanecem à margem e protegida contra possíveis disputas entre o casal. Porém, em muitas ocasiões, isso não acontece, e uma das partes (ou ambas) acaba usando os filhos como moeda de troca ou chantagem emocional.

Explicamos o que acontece quando os pais usam seus filhos como chantagem após uma separação ou divórcio para prejudicar seu parceiro, e quais são as terríveis consequências da Síndrome de Alienação Parental para as crianças.

O fim de um casamento é uma situação muito estressante para a família. E embora não devesse ser assim, muitas vezes acontece que um dos pais (ou ambos) usa os filhos como meio de chantagem contra o parceiro. O problema é que, embora o objetivo disso seja prejudicar o outro genitor, as consequências acabam tendo repercussões irreparáveis ​​no filho.

A criança, quando usada como chantagem emocional perante o outro genitor, acaba sofrendo a chamada síndrome de alienação parental, que se caracteriza por:

- A criança sofre de maior insegurança, principalmente a falta de segurança dos pais, que são os responsáveis ​​por cuidar e proteger.

- A criança fica do lado de um dos pais, que geralmente é o mais 'vitimado' na separação. Ou seja, aquele que fica com toda a responsabilidade, porque o outro progenitor não quer cuidar de nada, nem quer ouvir o filho ou cuidar dele ...

- Ambos os pais envolvem a criança em sua situação emocional e enviam mensagens contra o outro progenitor, com a intenção de formar uma 'imagem negativa' do parceiro na criança. Por exemplo, quando um deles diz para a criança: 'Sua mãe ou seu pai não queriam vir te buscar na escola porque não querem cuidar de você' ... Ou: 'Mamãe ou papai não levou o seu jogo de futebol porque deve ser que eles têm coisas mais importantes para fazer. '

- A criança pode acabar ficando do lado de um dos pais, a ponto de não querer ver o outro pai.

Com tudo isso, estamos causando danos profundos à criança no nível emocional, o que também vai afetar sua saúde e desenvolvimento. O que devemos buscar sempre em uma situação de separação ou divórcio, mesmo que seja uma situação terrível para nós, adultos, devemos tentar deixar a criança de lado, não importa quantas discussões tenhamos tido pois acima de tudo se trata de preservar o bem estar da criança.

Para não cair na Síndrome de Alienação Parental, em caso de separação ou divórcio você deve tentar:

- Nunca insulte seu parceiro na frente de seu filho.

- Não use seu filho na frente de seu parceiro para exigir nada.

- Tente manter as rotinas de seu filho.

- Tente manter a criança à margem ao tomar decisões importantes no meio do processo de separação ou divórcio.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Quando os pais usam seus filhos como chantagem após uma separação ou divórcio, na categoria Relacionamento in loco.


Vídeo: Como Identificar Manipuladores. Marcos Lacerda (Dezembro 2021).