Valores

Como fazer jogos educativos em casa para crianças


Os brinquedos educativos são uma ótima alternativa para as crianças desenvolver habilidades como destreza, habilidades motoras finas, aprender cores, letras, etc. Mas não é preciso deixar o salário do mês em brinquedos caros que vão acabar na gaveta esquecida assim que a criança passar para a próxima etapa do aprendizado.

Com um pouco de tempo e imaginação você pode fazer você mesmo sem gastar dinheiro, e também cuidar do meio ambiente.

Nós ensinamos você a fazer os jogos educacionais mais essenciais, reciclando materiais que todos temos em casa.

1- Aprenda as letras com plugues

Crie o seu próprio alfabeto com tampas de plástico para o seu filho aprender as letras de uma forma divertida.

Basta guardar as tampas plásticas dos frascos, e comprar algumas folhas com adesivos com letras, mas se não tiver, não se preocupe, pois você pode desenhe-os em um papelão e cole-os ou pinte-os com um marcador indelével (que não apaga).

O jogo consiste em colocar todas as letras na mesa e pedir à criança que encontre uma determinada letra, por exemplo “E”, até que aprenda todas as letras. Podemos fazer isso primeiro com as letras letras maiúsculas e então com minúsculas.

Mais tarde, quando você começar a escrever, poderá formar palavras e até frases

Uma variante deste jogo é criar o alfabeto nos plugues, mas cortando o letras de borracha eva. Portanto, podemos usá-los como selos mergulhando-os em tinta para escrever em uma folha, como uma impressora doméstica.

Importante: você deve fazer o letras reversas para que quando impressas em papel saiam da direita!

2- Jogo da memória ou para encontrar pares com tampinhas de refrigerante

Um clássico dos jogos infantis. Trata-se de encontrar o par de uma imagem entre várias imagens que colocamos voltadas para baixo. Vamos elevar as imagens dois a dois, se formarem um par retiramos do grupo e contamos um ponto, caso contrário, voltam a virar para baixo e passamos à próxima curva.

Trata-se de exercitar a memória para lembrar onde estava o par de chips que estamos descobrindo.

Normalmente este jogo é feito com cartas ou com fichas, mas vamos fazê-lo com tampas de garrafa.

Por alguns dias teremos que ir implorar pelas tampinhas dos refrigerantes nos bares, de dois em dois. Quanto mais tivermos, mais complicado será o jogo. Para além do facto de termos à criança o mar de diversão recolhendo distintas insígnias, podemos brincar sabendo que teremos sempre fichas de reserva.

3- Quebra-cabeças com caixas de papelão

Quase todas as crianças adoram quebra-cabeças, eles também são um bom jogo para incentivar memória visual de crianças e concentração. A verdade é que quando a criança já resolveu o quebra-cabeça três vezes, ela já sabe de cor e não se interessa mais. Então, vamos criar nossos próprios quebra-cabeças grátis, para que possamos modernizá-los sempre que quisermos.

Levaremos as caixas de papelão de biscoitos ou o que encontrarmos em casa. Deve ter pelo menos o tamanho de uma folha de desenho.

Vamos escolher qualquer desenho, pode ser o folhas para colorir das crianças, um desenho que a criança fez, ou que nós imprimimos, e vamos colar numa parte do cartão. A seguir vamos pintar a lápis, no verso do papelão, quantas linhas quisermos que o quebra-cabeça tenha. Quanto mais listras fizermos, menores serão as peças; então vamos cortar com um cortador (com a tesoura não existe um corte tão preciso) ao longo das linhas.

Se quisermos tornar o quebra-cabeça mais fácil para a criança, basta listar as peças, antes de cortá-las, na ordem em que estão.

Uma ideia é fazer isso com mapas geográficos, para que as crianças mais velhas possam aprender o mundo enquanto se divertem.

4- Aprenda cores e formas geométricas

Por volta dos dois anos, a criança pode começar a aprender cores e formas geométricas. Para isso, vamos pintar em um pedaço de papelão o contorno de várias formas geométricas, duas a duas, mas com cores diferentes.

A seguir, em outro papelão, recortaremos essas mesmas formas geométricas, pintadas com as mesmas cores que têm no caixa mestre.

É sobre a criança colocar as diferentes formas em cima para ver se cabem, mas também com as cores corretas.

5- Teatro de sombras

O teatro de fantoches é um dos espetáculos de maior sucesso entre as crianças. Os fantoches podem ser feitos com quase tudo: meias, com esfregões ou com panelas, mas vamos fazê-los com papelão e eles farão parte do nosso elenco de atores em um teatro de sombras.

Podemos criar nosso próprios personagens, ou faça os personagens das histórias. Eu fiz o histórias Os Três Porquinhos e o Chapeuzinho Vermelho, que são os que minhas filhas mais gostam.

Basta desenhar, sobre cartolina ou cartolina, a silhueta dos personagens, recortá-los e colar nas costas um palito de sorvete ou canudo.

A seguir, nós os levamos para uma parede lisa e colorida, desligamos a luz e pedimos à criança que acenda uma lanterna atrás de nós. A sombra de nossos personagens será desenhada na parede e podemos contar a história fazendo com que participem dela.

Desta forma, estaremos ensinando a criança que é muito mais divertido criar nossos próprios brinquedos para comprá-los.

Que quase tudo o que temos em casa pode ser transformado em uma forma de jogo: uma vassoura em um cavalo, uma grande caixa em um foguete que nos leva à lua, ou um lençol na tenda de um chefe índio.

E que não precisa gastar dinheiro para ser feliz e educar nossos filhos. Leva apenas tempo e vontade de aprender.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Como fazer jogos educativos em casa para crianças, na categoria Jogos no Site.


Vídeo: 5 Games and Toys to Make at Home DIYs for Kids (Dezembro 2021).