Valores

O sapo verde. Poesia de Carmen Gil para crianças


O canção de ninar de Carmen Gil Tem como objetivo ensinar e educar os mais pequenos através da leitura. Com seus poemas, as crianças aprendem a memorizar e recitar em voz alta enquanto se divertem.

A poesia de O sapo verde nos conta sobre as aventuras de um belo sapo. No Guiainfantil.com Nós o encorajamos a ler com seus filhos e, assim, compartilhar um momento de leitura agradável em família.

Aquele sapo verde

ele se esconde e se perde;

não o beije assim

nenhuma princesa.

Porque com um beijo

ele se tornará um príncipe

ou Belo príncipe;

E ele quer ser sapo!

Ele não quer reinar,

nem trono de ouro,

nem castelo enorme,

nem manto amarelo.

Não lacaios

não três mil vassalos.

Quer ver a lua

da lagoa.

Uma manhã

alguma fada adorou;

e assim permaneceu:

sapo e encantado.

Aproveite tudo:

fica na lama

pulando, sozinho,

todo o protocolo.

E ele não dá a mínima

se não é bonito

caça um inseto;

Que ninguém é perfeito!

Seu dossel real?

Você não se lembra dele.

Seu lençol vermelho?

Ele prefere uma folha.

Seu capacete e escudo?

Ele gosta de ir nu.

Princesa Eliana?

Ele adora sapo.

Para um sapo verde

que pula e se perde

e olhe para a lua

da lagoa.

Autor: Carmen Gil

Você pode ler mais artigos semelhantes a O sapo verde. Poesia de Carmen Gil para crianças, na categoria Poemas no site.


Vídeo: Feliz cumpleaños sapo verde (Dezembro 2021).