Valores

Como estabelecer uma rotina de alimentação no recém-nascido


Um dos primeiros passos que damos para educar nossos filhos é ensiná-los a comer. Nós os alimentamos desde o nascimento, então escolher nossa abordagem torna-se uma das primeiras decisões que tomamos como pais. Estas são as regras básicas para estabelecer uma rotina de alimentação saudável ao recém-nascido.

  1. Escolha a melhor forma de alimentação, amamentação, alimentação mista ou artificial. O leite materno é o melhor alimento para o recém-nascido, pois contém a proporção ideal de micro e macronutrientes para o ótimo desenvolvimento do bebê, levando em consideração a imaturidade de seu sistema digestivo e imunológico. No entanto, às vezes a família pode escolher outro tipo de alimentação, porque, por qualquer motivo, ela pesou os prós e os contras da amamentação e não funciona para eles. A lactação artificial consiste na alimentação do bebê com leite adaptado (de vaca ou vegetal, conforme sua necessidade) em mamadeira, enquanto a lactação mista combina a amamentação, seja por meio da amamentação do bebê ou com leite ordenhado e oferecido em mamadeira, com fórmula láctea.
  2. Respeite o ritmo deles. O bebê consegue transmitir suas necessidades aos pais ou cuidadores, a gente vai aprendendo aos poucos, observando desde o início. Em geral, o recém-nascido começa a mover a cabeça para os dois lados quando precisa mamar, em busca do seio da mãe. O choro é um sinal tardio de fome, por isso, se esperarmos que o nosso bebé chore, estaremos a ignorar os primeiros sinais e provavelmente será mais difícil alimentá-lo e até mesmo não ter comida suficiente. Respeitando seu ritmo, favorecemos sua autonomia.
  3. Não insista. Quando o bebê larga o seio, ele acaba, se fizer o mesmo com a mamadeira, o mesmo: ele está expressando sua decisão de não beber mais leite. Ao insistir, colocar a mamadeira de volta na boca para que ele esgote o que sobra, estamos obrigando-o a comer quando já está saciado. Respeitando seu desejo de não comer mais, ensinamos o bebê a tomar decisões sobre sua dieta alimentar e a entender e respeitar os sinais de saciedade do próprio corpo. É o nosso primeiro passo na prevenção do sobrepeso e da obesidade.

Quando respeitamos o ritmo do nosso filho durante a amamentação, não devemos deixar de fazê-lo quando introduzimos outros alimentos.

É verdade que essa tarefa é mais fácil quando se segue a alimentação autorregulada, já que a própria criança toma suas decisões, mas se a criança se alimenta com purê, devemos observar quando a criança não quer mais e respeitar isso. Não devemos esquecer que colocar mais uma colher de chá na boca dá a eles mais comida do que a criança precisa.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Como estabelecer uma rotina de alimentação no recém-nascido, na categoria Bebês no local.


Vídeo: COMO ESTABELECER UMA ROTINA QUE AJUDA NO SONO DO BEBÊ? (Dezembro 2021).