Valores

Por que a gestante precisa beber leite


O leite é um alimento fundamental na dieta da gestante. Seus benefícios são tais que, a menos que a futura mãe sofra de algum tipo de intolerância, é imprescindível que faça parte de sua alimentação diária. Estes são os motivos pelos quais a gestante precisa beber leite.

Uma boa alimentação durante a gravidez é fundamental para garantir a saúde da mãe e o correto desenvolvimento do bebê. No entanto, sabe-se que pelo menos na Espanha, uma em cada duas mulheres grávidas não atinge a ingestão recomendada de ácido fólico, iodo, cálcio, ferro e vitamina D.

Durante a gravidez, as necessidades de energia e nutrientes da gestante são maiores do que as de uma mulher não grávida. Isso não significa que a gestante deva comer por dois, mas que suas necessidades nutricionais são diferentes e que é especialmente importante atendê-las para garantir seu bem-estar e, sobretudo, o correto desenvolvimento do bebê.

Dentro da dieta, um dos alimentos essenciais é leite, pois fornece energia e nutrientes essenciais de alta qualidade, como cálcio, vitamina D e vitaminas B, entre outros.

No relatório "Leite como veículo de saúde em situações fisiológicas especiais: mulheres grávidas", publicado pela Fundação Espanhola de Nutrição (FEN) em conjunto com a Fundação Ibero-americana de Nutrição (FINUT) e a Sociedade Espanhola de Ginecologia e Obstetrícia (SEGO), o razões pelas quais a gestante precisa beber leite são enfatizadas:

    1. Além disso, melhora o estado nutricional da mulher grávida e tem efeitos muito benéficos sobre o crescimento e desenvolvimento do bebê.
    2. Seu consumo não só melhora o estado nutricional das gestantes, mas também tem efeitos benéficos sobre o peso do bebê ao nascer.
    3. O leite pode ser um veículo ideal e mais natural para garantir a ingestão de nutrientes essenciais, que têm efeitos benéficos na saúde da mãe e do bebê.
    4. O leite é um veículo ideal para o enriquecimento e fortificação da dieta com determinados nutrientes, como cálcio, vitamina D ou ácidos graxos ômega-3.
    5. Estudos com produtos lácteos fortificados e fortificados mostram benefícios na saúde óssea da mãe e do bebê, e parece que também podem ter um impacto positivo no desenvolvimento visual e cognitivo da criança.

Em conclusão, o leite pode ser um veículo ideal para desenvolver alimentos fortificados que ajudem a garantir de uma forma mais natural a ingestão desses nutrientes essenciais, que têm efeitos benéficos no crescimento do bebê e na saúde da mãe e do futuro bebê. .

Fonte: Relatório Leite como veículo de saúde em situações fisiológicas especiais: gestante elaborado por SEGO, FINUT e FEN

Você pode ler mais artigos semelhantes a Por que a gestante precisa beber leite, na categoria Dietas - cardápios no local.


Vídeo: 5 Suplementos Obrigatórios para a Gestante ou para quem quer Engravidar Dr. Moacir Rosa (Novembro 2021).