Valores

História infantil sobre crianças trans Que banheiro é meu?


Crianças que se sentem diferentes do sexo com o qual nasceram é uma situação que se torna mais visível a cada dia. Até pouco tempo atrás estes crianças sofreram em silêncio situações frustrantes para eles, eles se sentiram separados e incompreendidos por seus colegas e acabaram sendo crianças solitárias e infelizes.

Com este história infantil sobre crianças transexuais Podemos mostrar aos nossos filhos que devemos apoiar e ajudar as crianças que se encontram nessas situações; e isso só com ele Apoio e compreensão por parte de toda a sociedade poderão sentir-se integrados.

Matías sempre se sentiu estranho. Estranho e desconfortável. Onde ele se sentia melhor era no solidão do seu quarto. Ele costumava fechar a porta para que ninguém o visse. E foi então que com os lençóis da cama fez um vestido com o qual dançou durante horas em frente ao espelho. Ele não gostava de ir para a escola, porque parecia diferenteEmbora ele tivesse muitos amigos e risse muito com eles. Seus colegas sabiam que Matías estava passando por momentos difíceis, mas ele não sabia como ajudá-lo.

O pior momento do dia foi quando Matías teve que ir ao banheiro na escola fazer xixi. Sempre ficava indeciso na frente das portas do banheiro porque não sabia se devia entrar nas meninas ou nos meninos. Matías sabia que era um menino. Sua mãe o vestiu como tal e foi o que todos lhe disseram. Porém, ele invejou as saias uma de suas amigas e sua cor favorita sempre foi rosa, embora ela tivesse vergonha de dizer isso. Ele sonhava em ganhar muitas bonecas e que todos o chamariam de Matilde. Por dentro, ela se sentia como uma criança e era o que queria ser.

Foi Ana, sua colega de classe, quem o descobriu paralisado em frente à porta do banheiro. Sem dizer nada, Ana pegou Matías pela mão e o levou ao banheiro feminino. O rosto de Matías se iluminou com um grande sorriso.

Ana queria ajudar sua amiga. Por isso, decidiu falar com o restante da turma e também com o diretor do centro para que retirassem dos banheiros os cartazes que delimitavam seu uso para meninas ou meninos. Desde então, em ambos os banheiros, ele pendurou uma única placa, que dizia: 'Neutro. Eu escolho o que sou. '

Matías foi aos poucos perder os medos. E graças à ajuda dos amigos e da família, deixou de ser Matías para se tornar Matilde. Matilde agora era uma criança muito feliz porque enfim era o que sempre sentiu que era: uma criança.

Descubra se seu filho entendeu o texto com essas perguntas simples de compreensão de leitura.

  • Por que Matías não sabia para qual banheiro ir?
  • Que problema você acha que ele teve?
  • Como Matías queria ser chamado e por quê?
  • Que solução seus amigos lhe deram?
  • Matías ficou feliz no começo? e logo?

Você pode ler mais artigos semelhantes a História infantil sobre crianças trans Que banheiro é meu?, na categoria Contos infantis no site.


Vídeo: 2 EPS- Como iniciar uma terapia hormonal e uma transição de gênero. Bloquear Testoterona (Dezembro 2021).