Valores

Transtornos alimentares mais comuns na adolescência


Os transtornos alimentares são cada vez mais freqüentes nessa sociedade cada vez mais preocupada com a aparência física, e a tendência de aparecer ocorre cada vez antes, em idades que há 50 anos parecia impensável que uma criança pudesse se preocupar com sua fisionomia. Esses são os transtornos alimentares mais comuns na adolescência.

Como pais, não podemos fazer mais do que estar atentos e poder detectar sinais que nos avisem sobre o seu possível aparecimento, certificando-nos de que incutimos nos nossos filhos valores sobre si próprios que têm precedência sobre o seu peso e aparência física.

Os transtornos mais comuns na adolescência são:

- Anorexia
A anorexia é caracterizada por uma obsessão pela magreza que pode levar não só a não comer, mas a se exercitar até o limite da exaustão. Adolescentes com esse problema tendem a evitar o horário das refeições, principalmente se envolverem sentar à mesa com o resto da família.

Eles mudam seus hábitos alimentares para evitar comer com outras pessoas, então não precisam esconder e podem pular aquela refeição sem levantar suspeitas. Além disso, aumentam a quantidade e a intensidade do exercício físico e trocam de guarda-roupa tentando esconder sua nova figura.

- Bulimia
A bulimia consiste em comer, repentinamente, compulsivamente e cometer grandes excessos. Costumam comer principalmente doces, pastéis, bolos e alimentos extremamente calóricos, com muita gordura. Após a ingestão, o paciente força o vômito para esvaziar o estômago ou usa laxantes para evacuar os alimentos.

É fácil observar lesões nas mãos, dedos ou nós dos dedos ao usar a mão para induzir o vômito, e o adolescente queixa-se de falsa constipação, para justificar o uso de laxantes. As idas ao banheiro de adolescentes com bulimia são aumentadas e pode-se observar um aumento no uso de goma de mascar para disfarçar o mau hálito após causar vômitos.

Além disso, tendem a se preocupar excessivamente com a saúde bucal, escovando os dentes e fazendo bochechos com frequência. Por outro lado, o desaparecimento de porções de alimentos da geladeira, principalmente aquelas com mais gordura e carboidratos, pode nos alertar sobre esse transtorno alimentar.

- Combinação de ambos
No entanto, mais frequentemente do que isolados, esses distúrbios se alternam ou se combinam, com períodos de anorexia nervosa se alternando com outros de bulimia.

Adolescentes com transtornos alimentares tendem a ter uma obsessão excessiva com o peso das outras pessoas, manifestando uma rejeição especial às pessoas com peso normal, tratando-as como gordas. Eles estudam cuidadosamente as calorias das refeições e prestam atenção na ingestão de outras pessoas, além de expressarem extrema aspereza sobre si mesmos, vendo o excesso de peso onde não está.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Transtornos alimentares mais comuns na adolescência, na categoria Nutrição, cardápios e dietas no local.


Vídeo: Telessaúde Goiás - Transtornos alimentares: Bulimia e Anorexia (Outubro 2021).