Valores

Dicas para fazer uma criança ser assertiva


Assertividade é aquele equilíbrio complexo entre dizer o que pensa (sem recorrer a uma atitude submissa) e dizer de forma a não prejudicar os outros. O meio certo, que também é uma grande virtude. Ser assertivo é um aprendizado necessário na infância. Se a criança desenvolver assertividade, terá grande capacidade para resolver problemas pacificamente e interagir com outras pessoas sem tantos conflitos.

Nós te damos alguns ótimas dicas para fazer uma criança ser assertiva e saber comunicar suas emoções de forma pacífica.

É verdade que existem crianças que têm medo quando se trata de comunicar o que pensam. Essas crianças preferem ficar caladas e fazer o que os outros dizem, antes de criar um conflito, expressando uma opinião contrária à dos outros.

Longe de apoiar esta decisão, devemos encorajar as crianças a falar o que pensam, sem medo do que os outros dirão ou de que sua ideia não seja bem recebida pelos demais. No entanto, existem muitas maneiras de comunicar essa ideia. Se seu filho é capaz de expressar suas opiniões de uma forma que não magoe os outros, ele está sendo assertivo.

O doutor em educação Juan Lucas Onieva Ele nos propõe a realização de duas atividades com as crianças para promover a assertividade e ajudá-las a expressar suas opiniões de forma assertiva:

  1. Lista de pensamentos negativos versus pensamentos positivos. Ajude seu filho a escrever uma lista de situações em que ele se sente constrangido ou se sente mal. Uma vez terminado, ele terá que escrever as frases opostas, positivas e que lhe garantam certos direitos que ele estava negando a si mesmo. Por exemplo: se o seu filho escrever 'Não proponho nenhum jogo no recreio, caso ninguém queira jogar', ao lado ele deve escrever 'Tenho o direito de propor jogos no recreio como todo mundo, mesmo que mais tarde ninguém queira jogar'. ou no caso de escrever: 'Prefiro não participar da aula caso me engane', ao lado deverá escrever 'Tenho que participar da aula mesmo que me engane porque não acontece nada'. Ou no caso da escrita: prefiro deixar passar todos antes ', ao lado deverá escrever' Tenho o direito de ser o primeiro de vez em quando '.
  2. Coisas que cedemos sem concordar. Esta atividade consiste em pensar naquelas ocasiões em que desistimos porque pensamos que assim fazemos outras pessoas felizes. Mas raramente pensamos: 'Como nos sentimos?' Ajude seu filho a pensar em si mesmo toda vez que ceder pelo bem de outra pessoa. Pergunte como ele se sente e se está realmente disposto a se sacrificar.

A assertividade também está intimamente relacionada à confiança da criança em si mesma. Melhore sua autoestima e confiança e você vai perceber como seu filho perde o medo de falar em público, de expressar suas opiniões e, de repente, prefere se afirmar diante dos outros, não importa o que pensem. O próximo passo será fazê-lo ver que sempre pode expressar suas opiniões, tentando não magoar os outros.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Dicas para fazer uma criança ser assertiva, na categoria de Conduta no local.