Valores

Os 5 estados emocionais que favorecem a aprendizagem das crianças


As emoções têm grande poder na aprendizagem das crianças, muito mais do que você imagina. Muitos pedagogos, professores e psicólogos insistem na importância de fortalecer as emoções de nossos filhos e ensiná-los a manejá-los corretamente. Isso é essencial e tem um impacto direto na qualidade do seu aprendizado.

Explicamos para você, com a ajuda do técnico educacional Andrés París, o que são os estados emocionais mais importantes que favorecem a aprendizagem das crianças.

Todas as crianças têm a capacidade de aprender. Mas algumas crianças aprendem mais facilmente do que outras. Porque? Porque a aprendizagem, no final das contas, é condicionada por estes dois aspectos:

  1. A necessidade de ter que aprender algo
  2. A emoção ou estado emocional com o qual a criança aprende

Ou seja, se fizermos com que a criança sinta a necessidade de aprender, só teremos que aprimorar certos estados emocionais que a ajudem a assimilar todas as novas informações que receber. De todos os estados emocionais possíveis, estes 5 são os mais importantes para as crianças quando se trata de aprendizagem:

1. Curiosidade. devemos criar contextos de aprendizagem onde despertamos a curiosidade das crianças. A curiosidade é um motor essencial da aprendizagem. Se uma criança não está interessada em aprender, ela não aprenderá. Para se interessar, você deve ser motivado pela curiosidade.

2. A surpresa. Certamente você se lembra com mais clareza de tudo que te surpreendeu no seu dia: aquele lindo pôr do sol, um truque de mágica totalmente imprevisto que te deixou chocado ... E a surpresa, o imprevisto, é o que prende a atenção das crianças, e por isso te mantém alerta, para que as informações que chegam até você sejam efetivamente instaladas em sua memória.

3. A segurança. É em ambientes seguros onde as crianças podem usar confortavelmente todas as suas habilidades e recursos. Quando a criança não tem medo, ela se manifesta livremente e é muito mais receptiva. O medo imposto por um ambiente inseguro faz com que a criança 'instale' um escudo protetor e não seja receptiva às informações que chegam até ela.

4. A alegria. É claro que o cérebro aprende muito mais e melhor se os pensamentos forem positivos, se o humor for de alegria. A tristeza ou o medo bloqueiam, enquanto espaço de alegria e diversão, contribui para que a criança assista e se concentre mais em tudo o que acontece ao seu redor. Portanto, as crianças aprendem muito melhor brincando.

5. Trabalho em equipe. O trabalho cooperativo incentiva as crianças a participarem da nova aprendizagem e também as ajuda a melhorar sua autoestima e, consequentemente, sua capacidade de aprender.

Assim como existem estados emocionais que favorecem a aprendizagem, também existem estados emocionais que representam um verdadeiro obstáculo à aprendizagem das crianças. Estes são:

  • O aborrecimento
  • Preguiça
  • O medo
  • Raiva
  • Frustração

Ajude seu filho melhore seu aprendizado favorecendo estados emocionais que o ajudam a aprender e a lutar contra essas emoções prejudiciais. Aumente a tolerância de seu filho à frustração, ajude-o a lutar contra o medo, ative-o e dê-lhe poder de pensamento positivo diante da raiva e da tristeza e estimule sua criatividade para combater o tédio. Desta forma, você estará ajudando-o a melhorar sua capacidade de aprendizagem e notará como aos poucos seu desempenho escolar também melhora.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Os 5 estados emocionais que favorecem a aprendizagem das crianças, na categoria Aprendizagem no local.


Vídeo: O ensino a distância dá certo? Cortela responde (Outubro 2021).