Valores

Dieta para engravidar de uma garota


O Método Baretta É uma técnica baseada na alimentação da mãe antes da gravidez. O método, desenvolvido pela bioquímica argentina Adriana Baretta, argumenta que o sexo do bebê pode ser escolhido a partir das mudanças que uma dieta produz no muco cervical da mulher, de forma natural, durante seus dias férteis.

De acordo com o livro Menino ou menina? Agora você pode escolher (2006) o consumo, bem como o equilíbrio adequado de alguns minerais, como Sódio, Cálcio, Magnésio e Potássio, podem favorecer a concepção de um menino ou de uma menina.

De acordo com o método Baretta, existem alguns alimentos que podem influenciar o metabolismo da mulher e ajudá-la a conceber uma menina. Comer certos alimentos em abundância e reduzir outros pode ajudar as mães a ter filhos. Essas mudanças na dieta devem ser feitas antes da fertilização, para modificar o metabolismo da mulher e torná-la mais receptiva ao esperma X (feminino).

O método se concentra em a consistência do muco cervical da mulher, o meio condutor do esperma em seu caminho até o óvulo. Os espermatozoides masculinos (com carga Y) são mais rápidos, menores e mais numerosos, alcançando o óvulo mais cedo, embora vivam menos tempo. O meio alcalino favorece eles e o esperma feminino, o salino.

Esse ambiente pode ser modificado por meio da dieta, ou seja, uma alta proporção de cálcio e magnésio na dieta, acompanhada de uma diminuição de sódio e potássio, favorece o ambiente ácido no muco cervical, que beneficia o esperma X, ou seja, o concepção de uma menina.

Para conceber uma menina, bioquímica Alejandra Baretta, aconselha as mulheres a seguirem a seguinte dieta:

- Alimentos ricos em Cálcio e Magnésio. Evite alimentos ricos em sódio e potássio.

- Os peixes, assim como a carne de vaca, cordeiro, vitela, coelho e porco (congelados ou frescos, fumados ou salgados), fornecem muito Cálcio e Magnésio. Sugere-se um mínimo de 30 gramas de carne por dia.

- Leite e seus derivados (queijos, iogurtes, batidos, etc.) podem ser consumidos diariamente. Cerca de 150 ml, aproximadamente, por dia.

- Consumir frutas, no mínimo 3 peças ao dia, pois fornecem Magnésio e Cálcio. Cerejas, morangos, laranjas, tangerinas, ananases, toranjas ... frescas ou congeladas.

- Consuma pelo menos duas porções de verduras e legumes por dia. Eles fornecem muito magnésio e pouco sódio. Aspargos, alface, ervilha, cenoura, pimentão, abobrinha e outros são altamente recomendados, desde que sejam frescos e não congelados ou enlatados.

- O magnésio também pode ser encontrado nos cereais. No pão, no arroz e na massa. Recomenda-se consumi-los com o mínimo de sal.

- Devem ser evitados enchidos, pastilhas de caldo de carne, peixes gordos em conserva (devido ao seu alto teor de sal), bem como soja, cacau, cebola e mel (ricos em potássio).

IMPORTANTE: É necessário considerar que este tipo de dieta deve ser seguido apenas alguns meses antes da concepção e sob estrita supervisão médica. Qualquer modificação da dieta deve ser feita sob a supervisão de um médico.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Dieta para engravidar de uma garota, na categoria Gravidez no local.


Vídeo: ALIMENTOS PARA AUMENTAR A FERTILIDADE (Outubro 2021).