Valores

Por que não prolongar excessivamente o uso do carrinho em crianças


Durante os primeiros anos de vida de uma criança, os adultos geralmente usam o carrinho de criança como meio de transporte do pequeno. Este meio de transporte é o método mais confortável para os pais transportarem seus filhos de um lugar para outro. Portanto, seu uso dá aos adultos muito mais independência na hora de fazer recados. Mas, O que acontece quando se prolonga para idades em que a criança já caminha sem problemas?

Outra vantagem do carrinho de bebê é que os movimentos serão mais rápidos e poderão aproveitar melhor o tempo, além de dar aos pais tranquilidade que controlam os movimentos da criança o tempo todo.

No entanto, aos poucos a criança se tornará autônoma e chegará o momento em que ela não precisará mais do carrinho. O seu “abandono” dependerá muito da sua evolução e de quando começar a caminhar com segurança. Não existe uma idade específica para a criança deixar o carrinho, mas existem fatores que irão indicar o momento.

Prolongar o uso do carrinho traz vantagens para os adultos, mas devemos pensar que para o pequeno, por outro lado, traz muitas desvantagens.

E é que nenhuma criança deve passar mais tempo do que o necessário no carrinho. Isso pode produzir declínios no desenvolvimento da criança, como:

- Retardar o desenvolvimento muscular e coordenação motora.

- Produz um estilo de vida sedentário associado à cadeira, que promove a obesidade infantil. Não é produzido apenas pelo uso da carroça, mas é um hábito que, acompanhado de uma alimentação pouco saudável e falta de sono, pode produzi-lo.

- Prejudica a postura das costas.

- Limita sua independência.

Portanto, é conveniente que os pais estimulem o desenvolvimento físico dos filhos e, por isso, é importante que os pequenos comecem a caminhar no ritmo dos adultos no momento em que estejam evolutivamente preparados para alcançar a autonomia de que precisam.

Não há limite de idade para o uso do carrinho, mas é conveniente que quando a criança começar a dar os primeiros passos, comece a tirá-la do carrinho para que ela ganhe liberdade nos movimentos, estabilidade, coordenação, e comece a explorar.

Os primeiros passos das crianças dependem das características evolutivas que cada uma possui, mas será mais de 3 anos geralmente quando costumam ter autonomia suficiente para parar de usar o carrinho.

Este será o momento em que o pequeno poderá explorar com os outros sentidos tudo o que observou da cadeira. Você pode usar o toque, o cheiro ou o paladar para explorar e descobrir coisas novas de maneiras diferentes. Isso representa um grande avanço para o amadurecimento do sistema cognitivo e neurológico.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Por que não prolongar excessivamente o uso do carrinho em crianças, na categoria Bebês no local.


Vídeo: CARRO MUITO RODADO, COM KM ALTA!? USO STOP-SMOKE OU MELHOR DEIXAR O MOTOR QUEIMAR ÓLEO!? (Outubro 2021).