Valores

O primeiro dia de amamentação


Ser mãe de primeira viagem significa enfrentar múltiplas situações novas, muitas delas juntas e em um espaço de tempo muito curto. Essa avalanche de novidades pode sobrecarregar a mãe, mas não se trata de virar supermãe em 24 horas, temos que enfrentar as situações com coragem e tranquilidade, podemos não fazer bem no início, mas aos poucos vamos ganhando experiência. Uma dessas situações é amamentação que começa minutos após o parto.

Durante os primeiros dias, a mama ainda não produz leite, mas produz um líquido chamado colostro. Muitas mães introduzem a mamadeira neste momento em que duvidam que o bebê tenha comida suficiente, mas é importante saber que colostro é muito rico em nutrientes e basta alimentar o bebê nos primeiros momentos.

Atualmente, em muitas maternidades, a primeira coisa que fazem depois que o bebê nasce é verificar o estado, embrulhar e colocar no seio da mãe para que a amamentação comece o mais rápido possível. Nos meus três partos, ainda na maca da sala de cirurgia, os bebês foram colocados no meu peito para que começassem a mamar, e sempre foi um milagre para mim como assim que nasceram foram fisgados sem nenhum problema e começaram a chupar como se tivessem feito isso a vida inteira.

As primeiras chupadas são estranhas, é um misto de estranheza física com a sensação de que o bebê está sugando, a vontade de protegê-lo, querida, dúvidas ...

Lembro que depois das primeiras injeções comecei a sentir dores, uma dor que foi aumentando e foi muito desagradável para mim nos primeiros dias. Meus amigos também se lembram com terror: “Por que você não me contou o quanto dói a amamentação, tanto para me contar sobre seus nascimentos, e você se esqueceu de me dizer isso!” Protestou Maria indignada entre ameaças de abandonar a amamentação. Eu também conheço outros casos de mães que não suportaram a dor que isso lhes causou nos primeiros dias e abandonaram.

Hoje, existem muitos grupos de apoio à amamentação que ajudam as mães a colocarem bem o bebê no peito, que é o principal garantia de sucesso e prazer da amamentação. As parteiras e especialistas nos dão 6 dicas:

1 - frequentemente colocar o bebê ao peito mesmo que o leite ainda não saia, estimulando assim sua produção.

2 - acorde o bebê se ele está com sono e não o deixa mais de duas ou três horas sem colocá-lo no peito, mesmo à noite.

3- Cuidar do mamilo desde os primeiros momentos mantendo uma boa posição do bebê até a mama para evitar rachaduras.

4 - no final da tacada, espalhe um pouco de leite no mamilo para evitar lesões e vermelhidão.

5 - amamentação à vontade.

6 - alterne cada mama e sempre comece com a que já terminamos.

Você pode ler mais artigos semelhantes a O primeiro dia de amamentação, na categoria Amamentação Presencial.


Vídeo: Primeiro dia de amamentação. (Outubro 2021).