Valores

Benefícios da reflexologia para a amamentação


Os benefícios da Reflexologia no pós-parto são uma realidade, e para uma mãe que quer apostar na amamentação, essa terapia pode ser um grande suporte e ajuda no processo inicial, já que amamentar um recém-nascido nem sempre é uma tarefa fácil.

As alterações hormonais maternas que ocorrem no pós-parto são aquelas que desencadeiam o aumento do leite, sucções frequentes e esvaziamento da mama. São absolutamente necessários para garantir uma produção adequada de leite nos dias seguintes. O correto funcionamento da mama depende tanto do sistema hormonal materno quanto do esvaziamento da mama.

Durante a gravidez ocorre um hormônio chamado prolactina. Esse hormônio é responsável por estimular os alvéolos mamários (local de produção do leite). Mas, durante a gravidez, seu efeito estimulante será bloqueado pela progesterona produzida pela placenta.

Após o parto, o freio da progesterona para e a prolactina começa a estimular a produção de leite. A pessoa responsável pela produção de prolactina é a hipófise e a sucção do mamilo produzirá um reflexo que fará com que a hipófise libere prolactina.

Para que o leite produzido nas glândulas mamárias chegue perto da superfície e o bebê possa retirá-lo, é necessário outro hormônio chamado ocitocina e a hipófise também será responsável por liberá-lo, causando sua produção por meio da estimulação do mamilo. Esse hormônio contrai os alvéolos mamários e força o leite a sair pelos dutos e chegar aos seios da face do leite (processo denominado reflexo de ejeção).

O esvaziamento da mama estimula a glândula mamária causando a liberação de prolactina. Além disso, acontece que o leite contém uma substância que retarda sua própria produção, portanto, quanto mais vazia a mama, mais leite ela vai produzir.

No início da lactação, a prolactina e a sucção são muito importantes, depois um bom, frequente e completo esvaziamento das mamas garantirá uma boa lactação.

Fatores psicológicos também influenciam este processoE embora o estresse, a ansiedade e outros estímulos físicos desagradáveis ​​repentinos inibam a liberação de prolactina, existem outros, como ouvir o bebê chorar por comida, o que faz com que a hipófise trabalhe mais para produzir ocitocina.

Por meio da reflexologia, você pode:

1 - Trabalhe o sistema nervoso Isso vai me ajudar a induzir a mãe a um profundo estado de relaxamento, aliviando qualquer estresse ou ansiedade que ela possa ter. Estar mais calma ajudará a iniciar o processo de amamentação com muito mais segurança e paciência. O bebê, que é o reflexo de sua mãe, também ficará mais calmo neste processo, evitando a ansiedade na sucção.

2 - É um bom momento trabalhar o sistema endócrinoIsso ajudará a equilibrar o grande declínio hormonal que ocorre após o parto, além de estimular a hipófise, responsável pela produção de prolactina e ocitocina. Além disso, a presença de níveis adequados de insulina, corticosteroides, hormônios tireoidianos e fatores de crescimento também é necessária para o bom funcionamento da mama.

3 - Estimule o reflexo na área do peito, ajudará a estimular todas as partes da mama.

4 - O esvaziamento da mama é importante antes do tratamento de Reflexologia.

Minha experiência me diz que as mulheres que optam por amamentar muitas vezes não receberam nenhum legado cultural para ajudá-las nessa tarefa. Mesmo as informações recebidas durante a gravidez não ensinam da mesma forma como o que foi visto para ser feito e considerado natural. Essas mulheres precisarão de apoio durante a internação hospitalar e nas semanas ou meses seguintes.

Encontrar pessoal qualificado antes e depois do parto, juntar-se a um grupo de mães para apoiar a amamentação, ter certeza de ter um bom apoio incondicional de sua família e contar com a reflexologia, podem ser peças-chave para alcançar o sucesso na amamentação.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Benefícios da reflexologia para a amamentação, na categoria de massagens no local.


Vídeo: Como tratar Fadiga adrenal? quais os benefícios através da Reflexologia Podal? (Outubro 2021).