Valores

Fulgencio o coelho medroso. História infantil sobre medos


Os medos são muito comuns na infância, existe uma série de medos nas crianças que, à medida que vão crescendo, vão desaparecendo. As trevas, monstros e estranhos são alguns dos mais frequentes.

São medos que podem paralisá-los, assim aconteceu com o protagonista desta história: O coelho fulgencio. Se o seu filho está passando por tal estágio, você pode ler com ele este história infantil sobre medos para tentar desmontá-los.

Fulgencio era um coelho muito assustador.

Uma noite, ele entrou em sua toca e preparou um jantar suculento: cenouras, alcachofras, nabos, brócolis e ervilhas. De sobremesa, ele comeu um pedaço de maçã e foi dormir.

Depois de um tempo, já adormecendo, ouviu uma batida na porta.

- Toc, toc, toc, toc.

- Quem será desta vez? - ele se perguntou, assustado, e ao invés de ir ver quem era, deu alguns passos para trás e foi até o canto mais afastado da porta.

Eles ligaram novamente.

- Toc, toc, toc, toc.

Fulgencio se agachou no canto, tremendo de medo.

Alguns segundos depois, eles ligaram novamente; desta vez mais forte.

- Toc, toc, toc, toc.

- Deve ser o lobo. Ele vai me cheirar e vai ficar com fome - pensou Fulgencio. Ainda tremendo e se enrolando, ele enfrentou a parede.

Novamente eles chamaram insistentemente:

- Toc, toc, toc, toc, toc, toc, toc, toc.

- Ayyyyyy! - gritou Fulgencio cobrindo a cabeça com as patas e querendo ficar invisível com todo o seu desejo. Com certeza é a águia. Ele terá me cheirado e estará com fome.

E assim, morrendo de medo, agachado no canto e enrolado, adormeceu de madrugada, vencido pelo sono.

Quando ele acordou no meio da manhã, ele parecia horrível. Com os olhos inchados, ela foi lavar o rosto para acordar. Mesmo com o medo no corpo, ele decidiu sair aos poucos com as orelhas para fora. Quando viu que o caminho estava livre, deu um pulo e, olhando para trás com desconfiança, começou a andar.

- Oi! - Ele ouviu alguém dizer olá de repente, bem debaixo de seu nariz.

Fulgencio, que não esperava, caiu de pernas para o ar de choque.

- Algo está errado? - perguntou seu amigo coelho alarmado.

- Ontem à noite fui jantar em sua casa, como havíamos combinado, e embora tenha me surpreendido você não deveria estar lá, porque não abriu a porta para mim - disse o amigo, enquanto o ajudava a se levantar.

-Era voce! Fulgencio exclamou de olhos arregalados, prestes a cair no chão.

Então, sem dizer nada ao amigo, ele pensou em como havia sido tolo em dar vazão a seu medo.

Que noite havia passado!

Antes de continuar a ler outra história com seu filho, verifique se ele prestou atenção a ela ou se entendeu o que estava lendo. Você pode fazer estas perguntas:

- Quem é o protagonista desta história?

- O que o coelho sentiu?

- Abra a porta?

- Na manhã seguinte, o que você notou?

Você pode ler mais artigos semelhantes a Fulgencio o coelho medroso. História infantil sobre medos, na categoria Contos infantis no site.


Vídeo: Contos Assustadores Da Masha - A Assustadora História Do Menino Que Tinha Medo De Água (Outubro 2021).