Valores

Dicas para os pais sobre a volta à escola


Os primeiros dias de aula, a síndrome pós-férias, os gastos com a volta às aulas, a escolha das atividades extracurriculares ou do uniforme são apenas alguns dos aspectos que os pais devem enfrentar no início do ano letivo dos filhos.

A psicóloga Elvira Sánchez-Igual, diretora de Comunicação da AMEI (Associação Mundial de Educadores da Primeira Infância) nos oferece alguns bons conselhos para enfrentar com sucesso a volta à escola.

A síndrome pós-férias também afeta as crianças?
A síndrome pós-férias afeta as crianças tanto quanto os adultos. Depois das férias, os adultos ficam mais irritados, é mais difícil para nós acordarmos cedo e ficamos de pior humor porque é difícil para nós reajustar nossas rotinas. A mesma coisa acontece com as crianças.

Nos primeiros dias, as crianças vão ficar com mais sono, vão ficar mais cansadas e irritáveis ​​porque antes ficavam a manhã toda brincando com seus brinquedos e agora têm que passar a manhã inteira no centro educacional.

Que sinais podem nos dizer que as crianças sofrem desta síndrome após as férias?
Na verdade, o que vai nos dar a dica de que a criança não está bem é que ela vai ficar mais irritada, porque não pode mais fazer o que quer o tempo todo e vai ficar com mais sono porque vai ficar mais cansada.

Provavelmente, também se manifesta pelo apetite, vai se alimentar um pouco pior como sinal de rebeldia, de não estar à vontade com a situação e pode se manifestar com birras e birras. Algumas crianças podem até fazer xixi quando não o faziam antes.

Em tempos de crise, que conselho você daria aos pais para economizar dinheiro na volta à escola?
Voltar à escola sempre supõe um custo muito importante para as famílias. Recomendamos, pois sabemos que no final de agosto ou início de setembro teremos que fazer um desembolso significativo, para termos uma previsão de despesas.

Também podemos reciclar material do ano anterior, não temos que mudar a caixa todo ano, o lápis de cor pode servir de um ano para o outro e mochilas, dependendo do estado, também podem nos servir.

Atividades extracurriculares, quando são recomendadas?
As atividades extracurriculares são recomendadas desde que sejam construtivas para a criança, ou seja, é muito bom que as crianças, após o término do horário escolar, reforcem o que aprenderam ou mesmo adquiram novos conhecimentos. Mas a criança deve experimentar essas atividades extracurriculares como algo lúdico.

Temos que chegar a uma espécie de acordo dentro das possibilidades, porque se você disser a uma criança que dos 5 aos 7 anos ela tem que jogar futebol, vai parecer divino, mas se você disser que ela tem que tocar violino, e você não gosta, vai parecer tedioso. Temos que tentar chegar a um acordo de que são atividades extracurriculares positivas para a sua aprendizagem, mas também que são divertidas.

Quais são as vantagens e desvantagens de usar o uniforme?
Usar o uniforme tem vantagens e desvantagens. Existem defensores e especialistas que até dizem que isso pode anular a personalidade. Sem ir a extremos, a verdade é que o uso do uniforme é muito confortável, tanto para os pais quanto para os filhos, porque por um lado você não precisa mais pensar ou discutir com a criança que roupa vestir amanhã, a criança veste o uniforme e, como vais ver que o resto das crianças também vestem o uniforme, não o sentirás como algo imposto, mas como algo normal.

Também é verdade que, do ponto de vista econômico, é muito mais barato para uma criança usar uniforme do que ter muitas roupas diferentes. E então também, por um lado, o uniforme não é que cancele a personalidade da criança, pois a criança tem muitas formas de expressar sua personalidade, desde o penteado que usa até sua maneira de falar, sua maneira de se expressar, a comunicação dele não é verbal, e então ela tem o fim de semana inteiro para vestir as roupas que ele gosta, que ela vai apreciar muito mais. Geralmente, é o conselho escolar em conjunto com a direção do centro que decide se o uniforme escolar é obrigatório ou não.

Que precauções os pais devem tomar ao escolher um berçário para seu bebê?
A escolha do centro educacional pelos pais é sempre algo que deve ser cuidadosamente considerado. Existem vários parâmetros que tornam uma creche ou faculdade ideal. Estamos a falar da proximidade do local de trabalho ou da casa dos pais, do tipo de educação que oferecem, porque cada centro educacional tem uma filosofia didáctica diferente (método Montessori, bilingue, pedagogia Waldorf ...) e a ideologia do centro ou no outras palavras coloquialmente se for uma escola secular ou religiosa.

Você também tem que ver se é uma escola que tem muitas atividades extracurriculares ou não tem atividades extracurriculares no período da tarde. Basicamente, o que é muito importante, independentemente da educação que queremos dar aos nossos filhos, é que o centro inspire confiança em nós, e para isso, o que tens que fazer é ir ao centro educacional, falar com a equipa gestora, falar ao professor e procure nos dar confiança.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Dicas para os pais sobre a volta à escola, na categoria Escola / Faculdade no local.


Vídeo: MEGA DICAS PRA ROTINA VOLTA ÀS AULAS: preparando uniforme, lanche, bons hábitos.. Paula Stephânia (Outubro 2021).