Valores

Qual atividade extracurricular eu pretendo para meu filho?


Todos os anos, a história se repete. O novo ano letivo começa e em muitas casas as crianças não têm mais tempo para nada. Além da escola, os pais os matriculam em aulas de basquete, inglês, balé, instrumentos musicais e todos os tipos de atividades extracurriculares, e eles dificilmente terão tempo para fazer qualquer coisa. Aí reclamamos que ficam entediados, quando não têm o que fazer nos fins de semana.

Muitas vezes acho que exageramos. O menino chega em casa e, entre os banhos, o jantar e o dever de casa, mal consegue respirar. É uma correria, dia após dia, e acabamos esquecendo que as atividades extracurriculares devem ser orientadas às necessidades e aos interesses e desejos extras das crianças, e não simplesmente para complementar o dia escolar.

Antes de direcionar a criança para uma atividade, é melhor perguntar a si mesmo e à criança o porquê de cada opção. Em geral, cada atividade tem um propósito:

- Música: Por meio de ritmos e música, as crianças melhorarão suas habilidades matemáticas, sensibilidade e audição. Além disso, a música relaxa e ajuda as crianças a controlar suas emoções. Além disso, independentemente de a criança ter aulas de música ou instrumental, é preciso acostumá-la a ouvir música em casa e a cantar.

- Teatro, artesanato, artes cênicas e plásticas: Por meio dessas atividades, as crianças vão melhorar as habilidades que fazem pouco na escola, vão aprimorar sua criatividade e vão ajudá-las a superar a timidez, a insegurança, etc. A arte faz com que a criança conheça suas limitações e talentos, e isso trará grandes melhorias em sua autoestima.

- Esportes. Atividades físicas: Eles são os favoritos das crianças porque promovem sua saúde física e mental, melhoram seu humor, sono, dieta, concentração e habilidades motoras e cognitivas complexas.

A criança que pratica esportes está adquirindo um hábito saudável, com efeitos a longo prazo. É aconselhável que a criança pratique um esporte coletivo, se possível. Isso favorecerá seu relacionamento com os outros e sua sociabilidade.

- Atividades intelectuais: envolver na melhoria do trabalho escolar. Deve ser levantado apenas nos casos em que a criança precisa de um impulso maior sobre algum assunto. Caso contrário, não é aconselhável. Referimo-nos a aulas de línguas, técnicas de estudo, etc.

A melhor atividade pós-escola é aquela que não envolve estresse prejudicial e é lúdica para os mais pequenos. O melhor é aquele que fomenta o entusiasmo, o interesse e a vontade de aprender, o que fomenta a alegria, a vontade e estimula as habilidades das crianças. Acima de tudo, é aquele que a criança escolhe e no qual pode aprender enquanto se diverte e ao mesmo tempo que serve de alívio e distração nas suas tarefas diárias.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Qual atividade extracurricular eu pretendo para meu filho?, na categoria Escola / Faculdade no local.


Vídeo: Como Fazer Atividade de Horas Complementares PASSO A PASSO UNIP (Outubro 2021).