Valores

O vício dos pais em celulares causa grandes danos aos filhos: o vídeo que o prova


Nossa dependência do celular é tal, que muitas vezes esquecemos o básico. Por exemplo, cuide das crianças. E sim, é verdade que crianças podem ser muito pesadas. É verdade que mães e pais precisam de nosso espaço, um descanso, um momento de desconexão. Mas ... a ponto de ignorar nosso filho?

Um vídeo se tornou viral porque mostra uma realidade terrível: pais viciados em telefones celulares que se isolam por completo e desconsideram as solicitações e demandas dos filhos. Como neste caso, em que uma mãe faz 'ouvidos moucos' às repetidas queixas da filha para fazê-la prestar atenção. Não pare de assistir a este vídeo polêmico que mostra como o vício dos pais em telefones celulares causa grandes danos aos filhos

O vídeo dura pouco mais de um minuto e meio, e você pode ver a uma menina de cerca de 4 ou 5 anos exigindo insistentemente a atenção de sua mãe. A mãe dela, aliás, nem olha para ela. Por mais que a garota insista que está com frio, a mãe ainda está olhando para o telefone.

A certa altura, a mãe finalmente pergunta o que há de errado ... A menina responde, mas ela, indiferente, continua com seu celular, como se ele não ouvisse nada. Depois de um tempo, cansada das reclamações da filha, exige que fique quieta na cadeira.

As críticas vieram, é claro. Também as dúvidas. Muitos perguntam se a menina não vai ser muito 'agressiva', o que pode deixar a mãe, desesperada, tente ignorar para ver se passa... Mas a grande maioria só vê uma mãe que negligencia as necessidades básicas de sua filha.

Não sabemos se a menina teve birra, se a mãe estava cansada, se a menina só reclama porque precisa de atenção constante ... Mas a verdade é que a imagem nos faz enfrentar uma triste realidade: estamos deixando os anos passarem nos concentrando em nosso smartphone, conversando com estranhos praticamente, sem atender as pessoas realmente importantes, que costumam estar perto de nós. As crianças crescem rápido e cada um de seus anos não vai voltar. Nós realmente preferimos doar nosso tempo para outras pessoas?

Isso sem contar com o exemplo que estamos dando às crianças. Como podemos então exigir que eles não fiquem tanto tempo conectados ao smartphone se é isso que viam desde pequenos?

Certamente isso é um mal que atinge praticamente todos os pais. Chegamos cansados ​​do trabalho e precisamos relaxar. A casa exige mais trabalho, concentração e nervosismo. Que fazemos? Renda-se ao riso, ao relaxamento e aos relacionamentos à distância através das redes sociais e chats móveis. O afetado? Filhos. E se não, pense ... quantas vezes você deixou uma pergunta de seu filho sem resposta porque estava concentrado em algo no seu celular?

Contudo... Estamos cientes dos danos que isso causa aos nossos filhos? Estes são alguns, de acordo com vários especialistas:

1. Síndrome do pai ausente. E quem fala pai, fala mãe, claro. Pais hiperconectados ao celular, é como se não estivessem. As crianças percebem sua ausência e se sentem ignoradas. Os especialistas estão começando a chamar esse dano de "negligência emocional". Algumas palavras terríveis que nos fazem refletir, sem dúvida.

2. Referências erradas. Lembre-se que somos referência para crianças. Então não se assuste quando aos 10 anos já exige um celular e passa o dia no quarto assistindo a vídeos. Aí, aos poucos, ele vai preferindo esse tipo de relacionamento à distância ao clássico jogo com amigos no parque.

3. Menos autoconfiança. Se o pai ou a mãe ignorarem constantemente o que ele diz, o que ele diz, porque prefere focar no telefone, a criança sentirá que o que ele diz não importa e acabará perdendo a autoconfiança.

4. Baixa auto-estima. A falta de autoconfiança levará a criança a uma baixa autoestima que a afetará em todos os campos do aprendizado e, claro, em sua personalidade. Na verdade, a criança ignorada pelo vício móvel de seus pais realmente sente "que não é importante" para eles. Tremendo, certo?

5. problemas em suas habilidades sociais. As crianças precisam aprender a se relacionar com os outros. Eles praticam em casa, com os pais e também com os amigos. Sem dúvida, ignorá-los e preferir o telefone a conversar com eles não os ajuda em nada.

6. Má comunicação em casa. A comunicação é muito importante em uma família, especialmente entre pais e filhos. É uma forma de criar vínculos, de estabelecer uma relação saudável de confiança. A criança conta coisas, os pais ouvem ... perguntam ... respondem às dúvidas dele. Este é o relacionamento mais lógico, certo? Mas o que acontece quando essa comunicação é interrompida? A criança fala, os pais não ouvem ... A criança pergunta, mas não obtém resposta. No final, a criança se cansa e para de pedir e confiar nos pais.

7. Problemas emocionais e comportamentais. O sentimento de 'criança ignorada' leva a criança a enfrentar uma série de emoções que ainda não consegue compreender e controlar. Isso lhe causa uma angústia com a qual terá que crescer. Sem dúvida, isso pode desencadear problemas de atitude, como acessos de raiva, gritos e "mau comportamento", como a tentativa desesperada de uma criança de chamar a atenção dos pais.

Você pode ler mais artigos semelhantes a O vício dos pais em celulares causa grandes danos aos filhos: o vídeo que o prova, na categoria Novas Tecnologias no site.


Vídeo: Vício das crianças em celulares e tablets preocupam pais (Outubro 2021).