Valores

O guarda-chuva Beltrán. Conto infantil sobre responsabilidade


Ler histórias é uma ótima atividade para se fazer em família, é um momento cativante perfeito antes de dormir que não só vai estimular o hábito da leitura nas crianças, mas também promover o vínculo entre pais e filhos.

Em nosso site, convidamos você a ler esta linda história infantil sobre responsabilidade: o guarda-chuva de Beltrán. Uma linda história sobre a necessidade de cumprir os compromissos que assumimos com os outros.

Estava pendurado em uma viga de madeira, dentro de um velho celeiro abandonado. Surpreendentemente, apesar do tempo decorrido, estava muito bem preservado. Era um velho guarda-chuva preto comum com uma bengala e cabo de madeira. Estava empoeirado e havia muitos anos sem que ninguém o abrisse.

Um dia, Adelina e o pai passaram por ali e o guarda-chuva pendurado chamou a atenção da menina.

"De quem é esse guarda-chuva?", Disse Adelina, puxando a mão do pai para lá.

- Por que está tão sujo? - disse a garota.

"Pai, tire-o daí", ela implorou.

O pai, erguendo o braço o máximo que podia, não sem esforço, agarrou a parte inferior do guarda-chuva e o retirou.

Pai e filha olharam para ele com curiosidade.

"Este guarda-chuva tem pelo menos cem anos", disse o pai em voz alta.

- Abra pai! - disse a garota.

- Você não sabe que dá azar abrir guarda-chuvas debaixo de um telhado? - disse o pai, divertido.

O homem abriu delicadamente o guarda-chuva e, na poeira que se ergueu, um papel caiu no chão.

Adelina foi buscá-lo rapidamente.

- Olha pai! É uma carta! - disse a garota enquanto desdobrava cuidadosamente a página e começava a ler:

Este guarda-chuva pertence a Beltrán, o carpinteiro desta cidade. Se alguém quiser, é deles; contanto que você prometa cuidar dele e usá-lo em dias de chuva.

- Beltran ... ummmm - disse o pai pensativo. Nunca ouvi esse nome.

- Vamos levar isso? Pai, por favor - Adelina implorou.

- É uma responsabilidade enorme; se levarmos para casa você sabe com o que está comprometido - respondeu o pai.

- Sim, sim, eu sei. Vou cuidar disso, não tenha medo.

E assim o guarda-chuva de Beltrán, pendurado em uma viga de um velho estábulo, passou para o guarda-chuva de uma menina que sempre cumpriu sua promessa e a cumpriu por toda a vida, deixando-a como herança para quem, como ela, se importaria para isso e dar uso em dias de chuva.

Se você leu o texto com seu filho e deseja verificar se ele o entendeu corretamente, tente fazer-lhes estas perguntas sobre a história:

- Com quem Adelina estava caminhando?

- O que encontraram em um estábulo?

- O que havia dentro do guarda-chuva?

- O que dizia a nota?

- Adelina ficou com o guarda-chuva?

- O que você aprendeu com essa história?

Você pode ler mais artigos semelhantes a O guarda-chuva Beltrán. Conto infantil sobre responsabilidade, na categoria Contos infantis no site.


Vídeo: Conto do Guarda-chuva! (Outubro 2021).