Valores

Terapia infantil por meio de desenhos


O desenho não é ensinado, vem de dentro do Menino. Um bebê de um ano e meio pode ser estimulado, por exemplo, deixando-o ter contato com um lápis. É conveniente usar os de cera que têm a ponta redonda e são mais grossos. Nessa idade, muitas crianças já serão capazes de segurar um lápis e fazer seus primeiros rabisco.

A orientação é importante nesta fase mais do que qualquer outra coisa para que a criança não saia pintando paredes, chão, portas, etc., ou tente colocar o lápis na boca. Se puder, compre para ele uma mesinha adequada à sua altura para que ele possa desenhar com mais calma. No início, ele fará movimentos confusos, irregulares e sem qualquer controle. O rabisco eles não terão sentido, mas funcionam como uma grande manifestação de prazer e diversão para a criança.

- Aos 18 meses A criança vai rabiscar sem parar, sem sentido e bagunçada, mas vai se divertir muito descobrindo o mundo de cores e linhas. Você vai mostrar a todos o que você fez e será importante que o seu público responda positivamente a você. Sua coordenação motora nesta fase ainda é muito precária. Este estágio é chamado de autoexpressão. Ele ficará curioso sobre as paredes, o chão, as revistas e tentará arranhá-los de qualquer maneira.

Aos 2 anos de idade, o rabisco ficará mais controlado e terá outro significado para a criança, que passará a perceber que existe uma relação entre o rabisco e o movimento da mão. Você vai querer desenhar sem parar e usar mais de um lápis de cor para preencher a folha. As linhas de seu desenho ocuparão partes anteriormente desocupadas do papel. A criança, a partir desta idade, começará a ficar curiosa e a querer experimentar outros tipos de lápis e materiais. A experimentação irá predominar sobre a expressão.

- Aos 30 meses de idade, a criança vai conseguir controlar um pouco mais os movimentos da mão, até mesmo para manusear o lápis. Suas falas, já um pouco mais firmes, não saem da página. A criança terá uma melhor coordenação e é aí que o desenho simbólico. Cada rabisco ou desenho que você conseguir fazer terá um nome e um significado para ele. Com isso, a criança vai começar a desenhar muito mais, pois passa a ver sua criação como algo real. Um quadrado para ele pode representar uma casa. E um círculo, embora mal feito, pode simbolizar uma cabeça ou outra coisa. Nessa idade, a criança descreverá a outras pessoas o que desenhou e espera que elas entendam.

- A partir de três ou quatro anos, o desenho da criança ficará mais próximo da realidade. Você terá um interesse especial em desenhar sua mãe ou pai, ou seu amigo, irmão, primo ou alguma outra figura humana. O uso de cada cor terá um significado para ele. tem crianças que já mostram preferência por algumas cores. Esta é uma estágio pré-esquemático.

- aos cinco anos, você começará a desenhar mais detalhes em seus personagens e usar as cores de forma mais apropriada. Ele vai desenhar pessoas com roupas, carregando um objeto.

- A partir dos seis anos, seus desenhos terão detalhes importantes, como uma mão com cinco dedos, orelhas, cabelos diferentes, pessoas sentadas, etc. Você também estará pronto para desenhar paisagens, flores no campo, frutos nas árvores, chaminés nas casas, rios e tudo o mais que lhe for proposto. É lógico que essas etapas sirvam de guia, devemos sempre considerar que cada criança é um mundo e que cada um tem sua capacidade e o tempo para desenvolvê-la. E você tem que saber respeitar e não forçar o momento.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Terapia infantil por meio de desenhos, na categoria de Desenhos no site.


Vídeo: Vídeos Educativos para crianças Compilação. Cores, formas, números e muito mais! BabyFirst (Outubro 2021).