Valores

O que é rebelião passiva em crianças


A rebelião é uma postura de desafio a certas normas com o qual não concordamos. É normal que os filhos sejam rebeldes, porque estão medindo seu poder e autoridade na família. Mas o fato é que existem diferentes tipos de rebelião, ou, pelo menos, diferentes formas de manifestação de um ato rebelde.

Criança rebelde pode ser aquela que grita, chuta e até grita com os pais, ou aquela que prefere 'passar' em tudo e não participar de nada que tenha a ver com as regras da casa. Essa segunda possibilidade é a rebelião passiva em crianças. Nós explicamos isso para você.

Existem muitas maneiras de se rebelar contra alguém ou algo. Pode ser ativa ou passivamente. Sim, como você ouve. Os especialistas alertam para outra rebelião que raramente assistimos em nossos filhos: a rebelião passiva.

Uma criança rebelde passiva, prefere 'não participar' das regras com o qual você não concorda. Também não tem interesse em participar ativamente nos afazeres domésticos, nem em qualquer atividade iniciada pelos pais, principais responsáveis ​​pela imposição de disciplina e regras no lar.

Tudo isto 'enfraquece' a paciência dos pais, que acabam explodindo em um acesso de raiva. Por esse motivo, muitos especialistas chamam isso de rebelião: passivo-agressivo. A criança opta por não ter participação ativa em algo e isso por sua vez é uma forma de agressão que acaba desequilibrando os pais.

Por exemplo, entre os adultos, essa forma de rebelião passiva pode ocorrer nos casos em que um dos dois nunca participa de uma discussão importante. Enquanto uma das partes faz uma reclamação, pedido ou desilusão, a outra parte não responde e decide dar meia volta e sair como se nada tivesse ouvido. Sim, este é um caso de rebelião agressiva. Você não está lidando com a regra ou com o problema em questão, e isso deixa a outra pessoa mais irritada.

O mesmo pode acontecer com os filhos: diante de um problema, de uma regra de que não gostam, de uma imposição que consideram injusta, ou de 'repreensão' dos pais, adote uma atitude de "não escute" e 'nenhuma atenção', ou desobediência, que nada mais é do que um ato de rebelião passiva. Ou, no caso de crianças pequenas, choro compulsivo pela recusa de algo que desejam obter (o clássico acesso de raiva).

A rebelião passiva pode ocorrer por diferentes razões. Entre eles, estes são os mais comuns:

1. Falta de habilidades sociais: Na maioria dos casos, essa atitude rebelde passiva ocorre naquelas crianças que não são capazes de enfrentar a autoridade ou enfrentar e enfrentar um problema. Eles não têm a capacidade de lidar com o problema e preferem fugir dele dessa forma. Porém, o problema deles não está resolvido, mas cresce mais.

2. Apresentação: Em outras ocasiões, essa rebelião ocorre em filhos que desistiram da autoridade dos pais e preferem adotar uma atitude de submissão, apaziguando da melhor maneira possível a raiva e a frustração que sentem por dentro.

Você pode ler mais artigos semelhantes a O que é rebelião passiva em crianças, na categoria de Conduta no local.


Vídeo: Josue Gonçalves - Lidando com o problema da Rebeldia e Rebelião - Tadel Especial (Outubro 2021).