Valores

5 dicas para motivar as crianças a voltarem para a escola


As férias de verão são longas, mas acabam e as crianças têm de pensar em voltar às aulas. Alguns vão querer voltar para encontrar seus companheiros, e outros, no entanto, se sentirão mais preguiçosos e alguns sintomas da chamada síndrome pós-férias.

Podemos ajudar as crianças a ficarem animadas com o início do novo ano escolar? Sim! Damos-lhe até 5 dicas para motivar as crianças a regressarem à escola. Mirar!

Acontece com crianças, como muitos adultos, que temem voltar ao trabalho depois das férias. Muitos ficam ansiosos e um pouco tristes com o fim das férias. Mas nós, os pares, podemos ajudar as crianças a lidar com esta síndrome pós-férias da melhor maneira possível. Escreva essas dicas para motivar as crianças a voltarem para a escola. Você vai deixar seu filho animado e ele estará mais bem preparado para os primeiros dias de aula:

1. Retome a rotina gradualmente: Nas férias, as rotinas mudam. Durante o período de férias os horários dos mais pequenos são muito diferentes dos que frequentam durante o ano letivo. Por esse motivo, é altamente recomendável começar a mudar essas rotinas uma semana antes de entrar na escola. Ela começa a mudar seus horários de sono e refeição para corresponder ao que eles terão quando começarem a escola.

2. Envolva os mais pequenos nos preparativos: Deixe seu filho ajudá-lo com os livros e o uniforme (ou roupas escolares). Uma boa forma de motivar os mais pequenos para o novo ano letivo é fazê-los participar dos preparativos. Por exemplo, podemos envolvê-los no processo de compra de novos materiais e roupas escolares ou pedir-lhes que nos ajudem a cobrir os livros.

3. Elogie os aspectos positivos de voltar à escola: Pensamento positivo! O mais importante é enfrentar com positividade este novo período. Para fazer isso, podemos perguntar à criança se ela deseja ver um colega de classe com quem se dá muito bem ou também podemos perguntar se ela deseja retomar aquela disciplina de que tanto gosta ou se já pensou em qual atividade extracurricular atividade que desejam fazer este ano. O aspecto chave neste caso é não fazer comentários negativos sobre a escola.

4. Não estabelecer metas e objetivos: Faça-o com calma. Sim, é bom traçar metas com o início do ano letivo, mas lembre-se que a primeira semana de aula é um período de adaptação e teremos que estar entendendo suas necessidades e seus ritmos, que tiveram que ser modificados com o voltar para a escola. É bom que lhes falemos que para que fiquem satisfeitos com o seu trabalho e que devam esforçar-se e organizar-se bem, mas sem ainda fixar objectivos detalhados ou, claro, exigir que os cumpram neste momento.

5. Passe adiante um bom exemplo: Sua atitude em relação ao retorno à escola é essencial. Crianças pequenas tendem a ter seus pais como referência e se não mostrarem uma atitude positiva em relação ao retorno ao trabalho após as férias, dificilmente a criança demonstrará uma atitude positiva. Por isso, principalmente os pais que estão de férias nas últimas semanas de agosto, devemos evitar uma atitude pouco positiva em relação ao nosso retorno ao trabalho.

E lembre-se disso também você deve apostar na boa comunicação com a escola. O melhor é que nos primeiros dias de aula te envolvas mais e procuras mostrar aos teus filhos mais interesse pelas novidades que podem surgir na escola: professores que entram, se outros saíram, se entraram novos alunos ... filho vai se sentir mais acompanhado nesta fase.

Fonte: Ana Herrero (psicóloga da Brains International Schools)

Você pode ler mais artigos semelhantes a 5 dicas para motivar as crianças a voltarem para a escola, na categoria Escola / Faculdade no local.


Vídeo: Be Talks com Amanda Fonseca (Outubro 2021).