Valores

Como ajudar a criança a desenvolver o pensamento abstrato


O pensamento abstrato é uma capacidade que apenas os humanos possuem. Consiste na disposição que as pessoas têm para criar novas ideias ou levantar situações que nos ajudem a saber como nos comportar antes de possíveis situações.

É verdade que nem todas as pessoas podem desenvolver esse tipo de pensamento. Em alguns indivíduos, ocorre inatamente, enquanto outros requerem treinamento e perseverança para adquiri-lo. Em nosso site, explicamos como incentivar o pensamento abstrato nas crianças.

Segundo Piaget, o pensamento abstrato é adquirido no estágio das operações formais, ou seja, no estágio em que você pode pensar e organizar ideias em sua mente sem depender da manipulação de um objeto. A entrada da criança nesta fase costuma ocorrer por volta dos 11 anos. O pensamento abstrato irá se desenvolver progressivamente até atingir sua consolidação por volta dos 15 anos.

Assim, no estágio das operações formais e graças ao pensamento abstrato que adquire, a criança aprenderá a resolver o que acontece ao seu redor avaliando as possíveis consequências de cada ação que realiza.

O pensamento abstrato é uma habilidade que permite ver as coisas em perspectiva. O que traz múltiplos benefícios para a criança que o utiliza. A) Sim:

- Promove a independência pessoal. Esse tipo de pensamento torna a criança mais livre, independente e autônoma. Usar o pensamento abstrato implica buscar dentro de si mesmo as respostas aplicáveis ​​à realidade.

- Analisar probabilidades e alternativas. O pensamento abstrato os ajuda a "viajar" para outros cenários e situações para tirar conclusões que os ajudem a dar a melhor resposta.

- Promove a criatividade. A busca de ideias abstratas aumenta a capacidade criativa muitas vezes limitada pelos recursos materiais disponíveis.

Partindo de uma das vantagens da capacidade de pensamento abstrato, neste caso: ajudar a criar diferentes cenários possíveis a partir de um conceito isolado, podemos deduzir as diferenças que existem entre o raciocínio abstrato de uma criança e o de uma criança.

Entre eles podemos encontrar:

- O imaginação e fantasia pode estar envolvido no processo de raciocínio abstrato das crianças.

- As crianças geralmente encontrarão soluções mais simples e fáceis.

- Os pequenos desenvolvem menos cenários possíveis porque eles têm menos conhecimento.

- Crianças geralmente são mais criativo ao procurar soluções.

- A solução proposta pelos mais pequenos não precisa ser lógico ou provável.

Crianças com maior capacidade de pensamento abstrato aprendem melhor na escola, sabem como funcionar melhor socialmente, entendem melhor as consequências de suas ações, são mais independentes.

Para que as crianças adquiram todos esses benefícios que são adquiridos com o pensamento abstrato, será necessário que as crianças exerçam essa habilidade. Para fazer isso, atividades como:

- Ouça música (sem letras).

- Desenvolva o hábito de escrever, por exemplo, manter um diário.

- Ler livros.

- Ouça e participe de conversas “adultas”.

- Pratique exercícios com números.

Todas essas atividades devem ser feitas constantemente. Com a prática e o passar do tempo, as crianças vão melhorar essa habilidade.

O incentivo ao pensamento abstrato nas crianças será parte de seu crescimento pessoal e benéfico para a resolução de problemas no futuro.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Como ajudar a criança a desenvolver o pensamento abstrato, na categoria Aprendizagem no local.


Vídeo: 5 DICAS PARA TER UM RACIOCÍNIO RÁPIDO - Projeto Estudar e Aprender (Outubro 2021).