Histórias infantis

História do rato Eustólia para explicar às crianças o que é estresse

História do rato Eustólia para explicar às crianças o que é estresse


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

As histórias infantis podem ser uma ferramenta muito útil para ensinar às crianças conceitos diferentes que são difíceis de entender. É o caso da ansiedade, do nervosismo, do medo ... Portanto, aqui deixamos a história para vocês 'O rato Eustolia na cidade ' isso vai te ajudar explicar às crianças o que é estresse. Dessa forma, quando se sentirem estressados ​​(ou nos virem estressados), eles podem nomear o que sentem.

Eustólia, a ratinha branca que vivia na floresta, aceitou com entusiasmo o convite dos primos camundongos e foi passar alguns dias na cidade. Ele nunca tinha estado lá e, assim que chegou lá, foi dar um passeio com seu primo rato.

- Não saia do meu lado e faço tudo que eu faço - aconselhou seu primo Ramiro.

Eles chegaram a uma grande avenida, e em frente ao semáforo Eustólia parou, imitando seu primo, esperando que ficasse verde.

- Oh! Ayyyyyy! - Ela gritou de dor quando alguém pisou em seu rabo.

- Você tem que ter muito cuidado na cidade. Isso pode ser bastante perigoso! - Ramiro disse a ele.

Olhando para os dois lados da rua, eles correram para o outro lado da rua.

- Corre! Corre! Corre! Corre! - rugiram os motores do carro.

Então uma ambulância passou veloz. - Garoto Garoto! Boy Boy! Boy Boy! Boy Boy!

Eustolia saltou e caiu de costas, diante do olhar atordoado de sua prima. Ramiro riu e, escondendo-se, estendeu a perna para que ele pudesse se segurar e se levantar.

- Ratatatatata! Ratatatatata! Ratatatatata! Ratatatatata!

- Que barulho infernal! - gritou Eustolia cobrindo os ouvidos.

Não entre em pânico! Estão colocando os canos - disse ele - tocamos aqui todas as noites correndo pelos corredores.

Eustólia só estava na cidade há meia hora e Eu estava completamente estressadomas ele não disse nada.

- Me siga! Vou te levar a um lugar que você vai adorar - disse Ramiro, escorregando por um esgoto.

Eles desceram uma galeria longa e escura, escalaram algumas paredes úmidas e escorregadias e apareceram em uma pequena sala onde havia um elevador. Eles escalaram os cabos e acabaram em um patamar de escada. Eles entraram na casa e foram para uma sala onde alguém roncava pacificamente. Eles saíram pela porta entreaberta, desceram um longo corredor e entraram na cozinha.

Eustólia foi até o fim sem perder a prima: se ele se perdesse ali, não saberia como voltar para casa.

- Venha, aqui sempre tem comida deliciosa - disse o rato, mexendo o focinho. - Veja! - gritou ele, apontando para um grande pedaço de marmelo. Os dois se aproximaram babando. De repente, um baque os deixou paralisados. Uau!

Eles haviam se livrado dos estoques por alguns milímetros.

Eustólia caiu de cabeça para baixo, desta vez ao lado de Ramiro. Quando ele acreditou que nenhuma outra calamidade poderia acontecer com ele, foi quando ele descobriu os olhos brilhantes de um gato preto e seu coração congelou. Eles se levantaram apavorados e correram por toda a casa até encontrarem a saída.

Quando chegaram à ratoeira, Eustólia estava completamente negra e respirava com grande dificuldade. Em sua vida ele tinha tido tanto medo, e nunca pensei que a cidade seria tão estressante. Ele respirou fundo, relaxou e, naquela mesma tarde, despediu-se dos primos e voltou à vida pacífica na floresta.

Continue curtindo e refletindo sobre a história do rato Eustolia com as atividades que propomos a seguir.

1. Questões de compreensão de leitura
A primeira coisa que você deve fazer depois de ler a história com seus filhos é certificar-se de que eles entenderam a história. Para fazer isso, propomos algumas perguntas que você pode fazer a eles:

- Onde Eustolia foi convidada por seus primos?

- Como o rato se sentiu na cidade?

- Cite um incidente que causou estresse ao protagonista da história.

- Eustólia se divertiu na cidade?

2. Encene a história como um teatro
Pinte alguns bigodes como se fossem ratos e represente a história do rato Eustolia para o resto da família. Desta forma, seus filhos se colocarão na pele do rato e saberão como é estar estressado.

3. Invente outra história sobre estresse
Solte a imaginação e invente outra história em que os personagens também sofram de estresse. O que eles farão para se sentirem melhor?

4. Crie seu próprio conceito de estresse
Depois que seus filhos entenderem o que o estresse acarreta, você pode fazer sua própria definição. O que você considera ser o estresse? Peça-lhes que façam uma lista de algumas situações em suas vidas que são estressantes para eles e tente encontrar uma maneira de acabar com elas.

Você pode ler mais artigos semelhantes a História do rato Eustólia para explicar às crianças o que é estresse, na categoria Contos infantis no site.


Vídeo: Hipnose para Emagrecer Enquanto Dorme, com Odair Comin (Dezembro 2022).