Mudanças físicas

Dúvidas mais comuns dos pais sobre a mudança de voz em crianças


Quando as crianças se tornam adolescentes, a partir dos 11 anos aproximadamente, começam a vivenciar mudanças corporais importantes e, entre elas, as chamadas a voz muda em direção à voz adulta, sendo muito menos visualmente e auditivamente evidente nas meninas. Muitos pais vêm para consulta porque têm dúvidas sobre como é mudança de voz em crianças e como isso pode afetá-los. Aqui estão algumas dicas que podem te ajudar!

o voz de meninos muda marcadamente devido ao crescimento da laringe e todos os seus componentes associados. Alguns deles irão experimentar essas mudanças de voz abrupta e rapidamente, enquanto outros, por outro lado, podem experimentar essa mudança muito mais lenta e durar muito mais tempo.

Nessa fase de mudança, que se estenderá até praticamente os 20 anos, onde sua voz estará realmente plenamente estabelecida como a de um adulto, é comum eles crianças experimentam essas mudanças de voz como estranhas e até com certo grau de desconforto, aborrecimento ou desconforto.

Então de GuiaInfantil.com Contaremos a você todos os detalhes dessas alterações vocais e seus motivos, bem como breves dicas de cuidados básicos com a voz para prevenir disfonia ou alterações vocais durante esse sensível estágio de mudança:

- Que mudanças de voz ocorrem?
Sua voz começará a ficar mais baixa e sua ressonância muito mais forte, podendo vivenciar neste impasse de mudança os chamados galos (ou tecnicamente disodeas) e começar a desenvolver uma maior facilidade para disfonia. Visualmente será fácil perceber a protuberância em seus pescoços ou maior visibilidade do chamado pomo de adão.

- Por que essas mudanças de voz ocorrem?
O crescimento da laringe e a espessura das cordas vocais terão um papel importante no resultado final da sua voz, juntamente com a maior amplitude de todos os espaços de ressonância do seu corpo (nasal, oral, etc.). É necessário destacar também a importante inclinação de suas laringes, o que dará origem a uma noz muito mais visível, ao contrário das meninas, que não será visível.

O que podemos fazer para começar a cuidar de suas vozes? Aqui estão quatro dicas fáceis para garantir o cuidado básico com suas vozes:

- Hidratação diária
Será muito importante garantir que bebam quantidades ideais de água ao longo do dia, estimando uma média aproximada de um litro e meio (1,5l) ou o seu equivalente em 8-9 copos. Com isso, manteremos a mucosa de suas cordas vocais protegida contra o uso ou abuso diário.

- gargarejos de rotina
Aproveitar a rotina diária de escovar os dentes para fazer gargalhadas pode ajudar a relaxar a área, como se fosse um treinamento antes do uso.

- Relaxamento e exercícios diários
As mudanças de voz que ocorrem na adolescência tendem a coincidir com momentos de aumento da tensão e estresse. Qualquer exercício físico e alongamento de cabeça e pescoço também podem ajudar a relaxar os músculos próximos à laringe e as cordas vocais.

- Uso da voz
Ao mesmo tempo, será importante conscientizar-se de que, junto com a mudança na sua voz, agora você pode desenvolver disfonia com muito mais facilidade. Por isso, devem começar a controlar o uso da voz ou fazer uso das chamadas regras de higiene, entre elas, evitar gritar ou forçar a voz (principalmente durante atividades físicas ou de esforço), proteger o pescoço no inverno ou se hidratar mais abundantemente no verão.

Caso essas últimas dicas sejam insuficientes e a disfonia se desenvolva de maneira frequente e grave, é importante procurar especialistas em voz (otorrinolaringologistas e fonoaudiólogos especializados) para prevenir possíveis distúrbios ou lesões.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Dúvidas mais comuns dos pais sobre a mudança de voz em crianças, na categoria de Mudanças físicas no local.


Vídeo: Campo Harmônico sem mistério 1 aula para dúvidas (Dezembro 2021).