Valores

Carta aos Magos para pensar sobre como educamos as crianças

Carta aos Magos para pensar sobre como educamos as crianças


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Nos últimos dias do ano todos aproveitamos para fazer um balanço de tudo o que aconteceu no ano e como temos agido a este respeito. Vivemos de maneira consciente? Paramos para refletir sobre a forma como educamos as crianças? Transmitimos valores? Em tudo isso refletir a seguinte carta aos Magos escrita por uma mãe. Você se junta à reflexão?

Queridos Reis Magos,

O fim do ano se aproxima e parece que a tradição, a vida ou a necessidade de parar nos convidam a olhar para trás e fazer um balanço do que foi vivido e como foi vivido. É hora de perceber, de refletir e de ser grato.

E como planejamos fazer tudo isso? Em primeiro lugar, parando. Não vamos esquecer que antes de começar o que você tem que começar, a primeira coisa é parar, parar e parar. Parar nos leva ao presente e, neste caso, é um presente muito consciente olhando o que vivemos, com a experiência e a maturidade que o passar do tempo nos proporciona.

Vou lhe dizer como faço isso, caso isso lhe dê algumas idéias:

- Ao longo do ano, em casa, estivemos fazendo 'geléia de felicidade'. O que é isso e qual o gosto, você pode estar se perguntando. Consiste em colocar em um recipiente transparente, pedaços de papel colorido sobre os quais temos escrito ou desenhado situações ou belas anedotas que consideramos importantes e que não quisemos que fossem esquecidas.

Antes do final do ano, vamos lê-los em família. E esta é uma forma de perceber, de ter consciência do que vivemos e de agradecer a sorte de ter podido vivê-lo.

- Neste momento também parece que os corações se amolecem mais, que a generosidade e a solidariedade têm mais oportunidade de bater à nossa porta através de atividades como doações, ações de voluntariado ...

Gosto de colocar um destaque especial, estar mais atento que se durante o ano essas pessoas precisam da nossa ajuda, no Natal, porque são as datas que estão, precisam ainda mais do que nós podemos e queremos ajudar: fazendo uma compra solidária , ajudar no refeitório, passar uma tarde em um lar para crianças sem recursos ... Tudo isso pode ser feito o ano todo. Na minha casa não fazemos só no Natal, mas nesta altura quase que gostamos mais.

- Também é hora de agradecer. São muitas as pessoas que nos ajudam e nos acompanham no nosso dia a dia ou nas nossas necessidades específicas durante o ano: avós e tios, professores, vizinhos, talvez médicos ou especialistas em alguma área que nos acompanham , colegas e colegas de trabalho e escola ...

E de que forma queremos agradecer? A verdade é que vale em qualquer dia e em qualquer época do ano. Mas, nesta época de Natal de busca da alma, também podemos aproveitar. Você pode fazer um artesanato, uma saudação de Natal, uns biscoitos saudáveis ​​... e se alguém quiser, compre um presente. O importante é que seja feito com e com o coração.

- E claro, também queremos fazer o pedido. Peça por mim, por nós e pelos outros. Pedir e desejar um bom ano é o que todos queremos, é o que nos dizemos e nos desejamos logo nos primeiros minutos do início do ano. Aqui cada família, muitas vezes ligada a crenças, pede isso a Deus; E porque não, também pedimos a vida, o Universo, a energia ... ou a força de vontade de cada um.

Obrigado, pergunte, fique atento ... Tudo isso nos traz ao presente, nos permite perceber, nos dá a oportunidade de estar mais vivos e de querer continuar crescendo e aprendendo nesta vida. É fantástico que nossos filhos e filhas vejam esses valores em casa, porque eles vão aprendê-los. Eles aprendem o que veem e não tanto o que lhes contamos. Atitude, você aprende em casa.

Partilhar o Natal com os nossos filhos dá-nos a oportunidade de aprender com eles valores e experiências que nos parecem mais propícios aos dias de hoje, embora possam realmente nos acompanhar ao longo do próximo ano.

Feliz ano novo a todos e meus melhores votos para o novo ano que vai começar. Desejo-lhe uma atitude consciente e positiva.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Carta aos Magos para pensar sobre como educamos as crianças, na categoria de Valores Mobiliários On-site.


Vídeo: Versión Completa. La fuerza de voluntad, esa gran desconocida. Mago More, conferenciante y humorista (Setembro 2022).


Comentários:

  1. Kezragore

    fechar o espaço?

  2. Maverick

    Você certamente tem direito

  3. Eliot

    Eu simpatizei com você.

  4. Caesar

    Você tem uma ótima ideia

  5. Vitaxe

    Eu costumava pensar de maneira diferente, muito obrigado pela ajuda nesta questão.



Escreve uma mensagem