Bebês

Alimentação para bebês de 9 a 12 meses


Nesta fase experimentos de bebês com novas texturas, passe do purê à comida que é esmagada com um garfo ou cortada em cubinhos. A introdução dos alimentos deve ser feita aos poucos e cada alimento separadamente para que o seu bebé se habitue aos diferentes sabores e texturas.

O ideal é uma nova comida toda semana, para tornar mais fácil para eles se acostumarem e assimilarem e tolerarem sem problemas. Desta forma, você pode identificar possíveis alergias ou intolerâncias.

Nesta fase do bebê, os alimentos que fazem parte de sua dieta são os seguintes:

- Fórmulas infantis: Leite de acompanhamento (de 6 meses a 12 meses) e leites de crescimento (de 12 meses a 2-3 anos).

- As mingaus de cereais com glúten, Pão e Biscoitos tipo Maria.

- Frutas, Legumes e vegetais.

- carnes: Frango, Peru e Vitela.

- Peixe: Peixe branco.

- Iogurte: Neste momento se consolida o iogurte, excelente fonte de proteínas, cálcio e certas vitaminas e minerais que favorecem o desenvolvimento da flora intestinal benéfica.

- Ovo (gema cozida): 9 a 10 meses. Muito rico em proteínas, gorduras e vitaminas A, D e E. Para introduzir o ovo, costuma-se seguir a regra do relógio, ou seja, começa-se com um quarto para aumentar a quantidade até adicioná-lo inteiro, no máximo 2-3 vezes na semana.

- Nozes: 11 meses.

- Massas e Sopas: 12 meses. O bebé já consegue comer à colher, por isso é conveniente parar de moer para se habituar a mastigar.

- Legumes: 12 meses. As ervilhas e lentilhas são as mais toleradas, depois continue com o feijão e por último o grão-de-bico amassado e sem pele.

NOTA: Cardápio semanal para um bebê de 11 a 12 meses com todos os alimentos desta fase já introduzidos.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Alimentação para bebês de 9 a 12 meses, na categoria Bebês no local.


Vídeo: ROTINA ALIMENTAR Bebê de 1 ano: o que come em um dia (Dezembro 2021).